TV Brasil estreia segunda temporada de Parques do Brasil neste domingo

Divulgação TV Brasil
Com uma edição temática sobre o Parque Nacional do Itatiaia, a série documental Parques do Brasil estreia sua segunda temporada neste domingo (26), às 19h, na TV Brasil. Disponível no aplicativo EBC Play, a produção da emissora pública apresenta quatro episódios de 30 minutos.

O seriado ambiental é resultado de uma parceria da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que gere a TV Brasil, com a Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A primeira temporada do projeto entrou no ar na telinha em 2018.

Valorização da fauna e flora brasileiras

Gravados em alta definição, os documentários são narrados em "off " como um diário de expedição. O seriado apresenta trilha sonora original e inédita para cada episódio, produzida a partir de referências dos aspectos regionais de cada lugar.

Uma das peculiaridades da série são as ilustrações que entram em meio à narrativa numa alusão às ilustrações dos viajantes-naturalistas. A produção acompanha elementos da fauna, flora, processos ecológicos, serviços ambientais e diferentes outras perspectivas de uma unidade de conservação.

A ideia da atração é contribuir na popularização do conhecimento científico sobre as unidades de conservação brasileiras, especialmente, os parques nacionais e a biodiversidade. O programa busca enfatizar a relação entre o meio ambiente, a saúde e a qualidade de vida da população.

A série da emissora pública destaca, ainda, a preservação e manutenção de serviços ecossistêmicos fundamentais para a vida humana, garantidos pelas unidades de conservação em todas as regiões do país.

Com imagens de tirar o fôlego, Parques do Brasil revela histórias surpreendentes sobre a maior biodiversidade do planeta, nas principais áreas verdes do país. Da Mata Atlântica ao Cerrado, a segunda temporada contempla a enorme diversidade existente nesses patrimônios naturais brasileiros.

O episódio de estreia apresenta o primeiro parque nacional do país: Itatiaia. Criada em 1937, a unidade fica na divisa entre os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. Os quatro programas da nova temporada visitam, ainda, o Parque Nacional das Sempre-Vivas, em Minas Gerais (2/8); e o Parque Nacional do Descobrimento (23/8), no sul da Bahia; e o Parque Nacional do Iguaçu (30/8), no Paraná.

Primeira atração: Parque Nacional do Itatiaia

O programa que abre a segunda temporada do seriado documental Parques do Brasil leva o espectador a uma viagem pela avifauna, montanhas, nascentes e diversidade de plantas dos campos de altitude do Parque Nacional do Itatiaia, o mais antigo do país.

Localizado entre as duas maiores metrópoles brasileiras, Rio de Janeiro e São Paulo, a reserva ambiental protege um trecho que vai da Serra da Mantiqueira, no Vale do Paraíba do Sul, no limite entre três estados da região sudeste.

Com dois blocos, o episódio apresenta a parte baixa do parque no primeiro e a região alta no segundo. No início do passeio pela avifauna é possível conhecer espécies como a saíra-sete-cores, o araçari-banana, o entufado, o tiê-sangue, o beija-flor-rubi, a catirumbava, entre outras.

Já na área do rio Campo Belo e suas várias cachoeiras, os destaques são primatas ameaçados como o Muriqui-do-Norte, a onça-parda, o queixada e plantas emblemáticas da Mata Atlântica, como o palmito-juçara e o samambaiaçu, além de plantas endêmicas como a Bromélia Nidularium itatiaiae.

Planalto do Itatiaia: região já registrou temperatura de -13ºC

No segundo bloco, entre picos que alcançam quase três mil metros de altitude, como o das Agulhas Negras, o programa mostra uma das localidades mais frias do Brasil. O planalto do Itatiaia já registrou 13 graus abaixo de zero e nevascas em pleno estado do Rio de Janeiro.

Entre as espécies encontradas na região estão o sapo-flamenguinho que é o símbolo da unidade; o lobo-guará, o maior canídeo brasileiro; e, uma enorme diversidade de plantas, muitas delas endêmicas e de interesse para as ciências da saúde, como o poejo-do-campo, a estévia e a macela-do-campo.

O episódio revela ainda que o maciço do Itatiaia funciona como uma imensa caixa d’água, garantindo a proteção de várias nascentes e rios de uma bacia hidrográfica que atende uma população de mais de 17 milhões de pessoas.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato