Home Top Ad

'É de Casa' comemora 5 anos e lança quadros novos, pautas especiais e convidados ilustres

Share:

Reprodução
Serviço, jornalismo, dicas, culinária e entretenimento. Tudo isso e mais um pouco, dentro de casa. Assim são as manhãs de sábado na TV Globo, desde a estreia do ‘É de Casa’, em 2015, que completará  cinco anos no ar amanhã, dia 8. E para marcar essa data, um programa com estreia de quadro novo, pautas especiais de Dia dos Pais, clipe comemorativo com a trilha sonora que marca a atração, convidados ilustres e homenagem em vídeo daquele que é o foco principal do matinal: o público. 
Em meio à celebração, um quadro novo e divertido comandado por André Marques: ‘Sincerão Seniors’ – versão adulta do famoso ‘Sincerão Kids’. Nele, André vai bater um papo descontraído com um grupo alto astral. Em cada episódio, ele vai falar sobre um tema diferente. Gírias de hoje em dia e do tempo deles, a comunicação com a nova geração, as dificuldades de entender a linguagem da internet, os desafios de se manterem conectados, moda, e muito mais.
Outra estreia fará homenagem aos pais e será comandada por Érico Brás. No ‘Pai Online’, o ator vai conversar com homens que estão vivendo de diversas formas os diferentes momentos da paternidade, sejam eles pais adotivos, de outras gerações, separados, padrastos, entre outros. Cada semana, um tema diferente. No primeiro episódio, Érico vai mostrar a história de um pai que trabalhava fora e que, por conta da pandemia, está exercendo a função 24h por dia. Além dele, um pai divorciado vai revelar como está fazendo para ver as filhas neste período de distanciamento.
Por falar em isolamento social, o ator Leandro Hassum, que comemora mais um ano de vida em setembro, vai bater um papo divertido com André Marques, *com quem vai debater se a celebração em 2020 conta ou não conta*. Juntos, eles vão relembrar imagens de aniversários de famosos que foram comemorados durante a pandemia. Pra ajudar na decisão se valeu ou não valeu, eles vão chamar o “VAR”.
Já no ‘Tempero de Família’, o tema também é aniversário, mas a festa é para o Pablo, boneco que Fernanda Lima tem desde o cinco anos. No episódio, ao lado da família, Hilbert fará uma festa de criança com bolo recheado de doce de leite com coco, pastel de carne, rissoles de frango, brigadeiro e cajuzinho. 
No ‘Viva o Verde’, Ana Furtado vai receber o ator Rainer Cadete e, juntos, vão aprender a semear sementes de tomate cereja e de alface em uma estufa feita de embalagem plástica de bolo, além de plantar mudas da folha em uma vaso. 
Thelma Assis, por sua vez, vai mostrar como os profissionais de beleza têm se virado na pandemia, as dificuldades e as boas ideias, como ensinar maquiagem pela internet, por exemplo. Ainda no matinal, saudade, sentimento que só aumenta durante o isolamento social, será o assunto que Patricia Poeta vai conversar por vídeo com o padre Fabio de Melo. E, Cissa Guimarães, que segue de casa, vai ter um encontro virtual com Zeca Pagodinho, que vai se apresentar no aniversário da atração.
Apresentadores falam da trajetória do ‘É de Casa’
Ao longo desses cinco anos, o ‘É de Casa’ apresenta, semanalmente, matérias que se aproximam muito da rotina do brasileiro. Para Ana Furtado, uma das apresentadoras do matinal desde a sua estreia, esse é o DNA do programa. “Identificação e representatividade. Sempre buscamos dar voz ao telespectador e entregar para ele as soluções e caminhos para as suas demandas e necessidades sem deixar de lado o entretenimento. É um programa que abraça, que cuida, que informa e que inspira”, avalia.
Companheira de casa desde o início, Patrícia Poeta, que deixou a bancada do hard news e estreou no entretenimento no nascimento do ‘É de Casa’, concorda. “A relação próxima com o público sempre foi um dos principais objetivos do ‘É de Casa’.  E ela foi construída ao longo desses cinco anos com as visitas que fazíamos às casas do telespectadores,  com os brasileiros de várias regiões que participavam do programa ao vivo e com os assuntos de um modo geral. A ideia sempre foi prestar um serviço pra quem nos assistia com dicas úteis e informação’, completa.
Para os apresentadores, um dos marcos da atração ao longo de sua existência está diretamente ligada ao momento atual: a pandemia. O programa continuou no ar diante da crise mundial na saúde, ganhou ainda mais tempo ao vivo e se adaptou rapidamente às normas de segurança estipuladas pelos órgãos competentes. Atualmente, se mantém por cinco horas seguidas na telinha. “Eu acho que já era, junto com o Fantástico, um dos maiores programas da rede em horário, e a gente foi para esse tempo todo no ar, mantendo o padrão Globo de qualidade, levando informação, entretenimento, contando histórias. É um desafio muito grande. A gente está aprendendo e se reinventando”, avalia André Marques.
Ele, Patrícia e Ana, comandam a atração da casa localizada nos Estúdios Globo, atendendo ao protocolo estabelecido. Já Cissa Guimarães segue de casa, porém mantendo o alto astral e a energia de sempre. “Pra mim, que gosto de gente, gosto de conversar, gosto de aglomeração, de abraçar, esse “novo normal”, é difícil. Eu sinto muita falta, estou doida para voltar pro estúdio, olhar nos olhos das pessoas de verdade e não pela tela, mas estou muito feliz de poder participar dessa maneira. A tecnologia nos deu essa possibilidade. Então, salve a tecnologia!”, agradece. 
Para encerrar o programa em grande estilo, um clipe da música tema do programa, “Passe em Casa”, com a participação do time do ‘É de Casa’, na companhia de Carlinhos Brown. 

O 'É de Casa', amanhã, começará mais cedo, logo após o 'Como Será?', e seguirá por cerca de cinco horas no ar.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.