Home Top Ad

TV Brasil recorda atuação de Rosamaria Murtinho na juventude em série policial neste domingo

Share:

Divulgação TV Brasil
Veterana das artes cênicas com trajetória marcante no cinema, teatro e televisão, a atriz Rosamaria Murtinho pode ser vista em cena no começo da carreira, no início da década de 1960, no episódio "A Repórter", da série de drama policial O Vigilante Rodoviário que a TV Brasil apresenta neste domingo (23), às 22h.

Com 84 anos, ela interpreta a repórter Marisa, uma colunista social nessa edição do seriado dirigido pelo saudoso cineasta Ary Fernandes. Na trama da aventura, uma quadrilha coloca dinheiro falso no comércio. A cronista que conseguir um furo de reportagem, mas precisa se proteger da ira dos marginais.

Os bandidos são denunciados pela protagonista que, busca uma promoção profissional no veículo de imprensa. Com destreza, a jornalista iniciante consegue ajudar o inspetor Carlos (Carlos Miranda) a desvendar o crime e prender os infratores com o auxílio do cão Lobo.

Outro artista experiente com carreira de sucesso na dramaturgia brasileira, o ator Fúlvio Stefanini, hoje com 80 anos, também faz uma participação especial como o playboy milionário João Cotrim nesse capítulo de O Vigilante Rodoviário, produção pioneira do audiovisual. Referência em conteúdo seriado na televisão brasileira, a obra foi a primeira filmada em película de cinema no país.

Trama envolve dinheiro falsificado

Uma quadrilha de falsários derrama notas falsas de 500 cruzeiros em locais de diversão pública com grande circulação de dinheiro como o hipódromo e parques. Marisa, repórter amiga do inspetor Carlos, trabalha como colunista social e descobre a armação. Ela quer uma promoção no jornal em que trabalha.

A cronista pede a Carlos que a ajude a investigar mais sobre a quadrilha. Devido a um comentário do vigilante, Marisa divulga que os falsificadores começarão a distribuir notas de mil cruzeiros, e por isso é rebaixada para a seção de classificados. A notícia, porém, é verdadeira.

Marisa e Carlos cruzam, num restaurante de beira de estrada, com o chefe da quadrilha, que passa uma falsa nota de mil cruzeiros. Num encontro com Carlos, no parque de diversões no Ibirapuera, Marisa reconhece o falsário e grita. Na confusão que se estabelece, Carlos, Marisa e Lobo conseguem prender os bandidos.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.