Home Top Ad

Luiza Helena Trajano é a entrevistada de Luciana Gimenez no 'Luciana By Night’ desta terça

Share:

Divulgação RedeTV!

Uma das maiores empreendedoras do país, Luiza Helena Trajano é a entrevistada de Luciana Gimenez no 'Luciana By Night’ desta terça-feira (29).
 
Nascida em Franca, interior de SP, Luiza criou um império de lojas espalhadas por todo o Brasil e recentemente viu sua empresa ser alvo de ataques na internet após anunciar a abertura de um trainee voltado para pessoas negras. “Passei quatro anos perguntando para diretora de RH: 'quantas vagas tem para trainee?’, e ela falava: ’15'. ‘Então eu te dou mais três, mas para negros, por favor. Tiro da minha verba, esquece o orçamento, põe 18'. Só que chegava no fim e não tinha [nenhum negro contratado]. E eu ainda falava: ‘Cadê, minha gente?’, e me explicavam que não podiam perguntar se era negro ou não e que eles não vinham até as vagas”, afirma ela sobre o processo que antecedeu a decisão. “Tivemos 250 trainees dos quais só 10 eram negros!”.
 
A empresária menciona que o caso ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter durante três dias, revelando nunca ter visto isso acontecer com a companhia. “A gente esperava uma reação negativa, lógico, mas foi muito forte. Por outro lado, estamos acostumados a quebrar paradigmas. Uma empresa que fala ‘em briga de marido e mulher tem que meter a colher, sim’ já é uma empresa que está acostumada [com críticas]”, comenta. “Recebemos agressões por uma coisa tão simples, por estarmos dando oportunidade para quem não teve."
 
A favor das cotas, Luiza defende suas convicções e faz um alerta: "O direito se ser do contra é bom porque pode até melhorar a gente, mas acho que as pessoas não entendem muito bem o racismo que a gente carrega. Foram quase 400 anos de escravidão e tivemos a pior abolição de todas. Pessoas jogadas na rua sem comida, sem trabalho, sem casa, analfabetos. É muito difícil entender que a gente é racista, tem que ter muita sabedoria e humildade para entender que é prejudicial a todos. Como ter meritocracia se todo mundo não teve as mesmas oportunidades?”.
 
A entrevista completa irá ao ar hoje, às 23h30, na RedeTV!.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.