Home Top Ad

Para comemorar o Dia da Amazônia, 'Globo Repórter' passeia pela maior floresta do mundo

Share:

Reprodução
Na véspera do Dia da Amazônia, o ‘Globo Repórter’ reexibe nesta sexta-feira, dia 4, sua mais recente viagem pela maior floresta do mundo e revela espaços pouco explorados até pelos moradores da região. Repleta de cachoeiras, árvores, cavernas e animais, a Floresta Amazônica resiste a ameaças constantes de incêndios e traficantes de madeira, e guarda um importante patrimônio, que inclui o maior rio do mundo. 
 
“Apesar de ser da região e conhecer muito essa floresta, fiquei extremamente emocionada ao experimentar essas belezas tão de perto durante as gravações”, conta a repórter Daniela Branches, da Rede Amazônica, coprodutora do programa. “Fiquei impressionada com as cachoeiras, uma mais linda do que a outra, e o galo da serra, a mais bonita ave do Brasil, em seu momento de sedução e acasalamento. Foi muito marcante acompanhar cada amanhecer; enfrentar meu medo de altura ao escalar uma árvore com mais de 40 metros; voltar a Balbino, onde cresci, para mostrar a usina hidrelétrica, o desastre ambiental que aconteceu naquele lugar e os botos que sobrevivem no lago”.
 
Entre os tesouros da Amazônia revelados no programa estão cachoeiras escondidas, piscinas naturais que parecem ter sido construídas sob medida nas rochas, árvores de mais de 300 anos e 40 metros de altura, e animais pouco conhecidos. Além do galo da serra, aparece o uirapuru, que só canta em áreas intocadas. Dentro de cavernas de rochas formadas há milhões de anos, fica uma maternidade de morcegos, a mais nova área de proteção ambiental brasileira.
 
O Globo Repórter vai ao ar na noite de sexta-feira, dia 4, logo após a novela ‘Fina Estampa’.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.