Home Top Ad

Com a chegada do Disney+, Disney remove todo seu conteúdo dos serviços de streaming e TV

Share:

Divulgação Disney+

A partir deste mês de outubro, os assinantes de TV paga e serviços de streaming como Amazon Prime Video, Telecine, Globoplay, Netflix e afins, deixam de contar com a vasta biblioteca de produções da Disney, consequência da chegada do Disney+ ao Brasil.

Com o lançamento do serviço, a Disney priorizou que seus filmes fossem encontrados, obviamente, apenas em sua própria plataforma, mas como resultado, acabou por interromper a distribuição para terceiros. Os canais da própria Disney (Channel, XD, Júnior) também serão afetados, dispondo agora somente dos filmes originais do Disney Channel e Fox.

Na TV aberta, a situação é um pouco mais complicada, uma vez que a Rede Globo renovou seu acordo com a Disney até 2021 e anunciou para outubro uma reprise de Capitão América: Guerra Civil. Acredita-se que a empresa do Mickey deva continuar sua parceria com a emissora carioca, mas com outros termos (como exibição única de seus filmes, por exemplo).

Clique aqui, para conferir mais detalhes e quais conteúdos serão removidos dos streaming e TV.

Com lançamento marcado para 17 de novembro no Brasil e América Latina e um catálogo recheado de produções clássicas e títulos originais, como The Mandalorian, High School Musical: The Musical: The Series e WandaVision, o Disney+ desembarca no país trazendo não só seu conteúdo para concorrer com as outras plataformas de streaming, mas também para fazer o público brasileiro colocar a mão no bolso.

A plataforma já acumula mais de 60 milhões de assinantes desde seu lançamento em outros países. 

O plano custará R$ 28,99 por mês ou por R$ 289,99 no plano anual.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.