Home Top Ad

Novo canal BabyFirst TV será distribuído no VOD, IPTV e plataformas OTT

Share:

Divulgação

No início desta semana, o grupo Stenna anunciou que está trazendo ao Brasil, agora no mês de outubro, o BabyFirst TV, um dos maiores canais de TV por assinatura totalmente dedicados a crianças em fase pré-escolar do mundo. O canal ajuda no desenvolvimento e ensina novas habilidades, conhecimentos, valores, capacidade de percepção e de relacionamento. A Stenna Media fará a representação comercial do canal para operadores que queiram distribuir o canal para seus assinantes. Ele já está disponível na plataforma de streaming Roku, lançada no Brasil em setembro deste ano. Multiplataforma, também pode ser contratado como canal linear.

Said Schwarz, diretor de distribuição das Américas do grupo First Media e diretor geral do Baby First, explica que o canal traz como grande diferencial o formato da sua programação, que conta com animações exclusivas e curadas por uma equipe especialista em pedagogia e primeira infância. "Nós não efetuamos aquisições de terceiros e temos total controle quanto ao conteúdo que queremos transmitir para todas as famílias em todo o mundo. Dessa forma, asseguramos uma programação de qualidade e altamente intuitiva", informa o diretor a este noticiário. Com a grade de atrações do canal, os bebês podem aprender desde o "ABC" até animais, cores e formas, entre outros conceitos. Todos os programas têm classificação livre. Entre os destaques, estão "Ovos Surpresa do Larry", Turma da Cor", "Família Musical" e "Músicas de ninar BabyFirst".

Carolina Vargas, CEO da Stenna, declara: "Estamos preparados para fazer uma entrega nível multiplataforma que não se limitará à distribuição linear, via operadores de TV e ISPs, mas que vai muito além do tradicional. Faremos a entrega de um conteúdo exclusivo da marca BabyFirst TV para plataformas OTT, soluções IPTV e toda as ramificações do Video On Demand (AVOD, SVOD, TVOD etc.)". Vargas afirma que, além disso, o Baby First irá se rentabilizar também com publicidade dentro e fora do canal que, por meio de uma curadoria especializada, selecionará as oportunidades que correspondem com seus valores e missão.

Vargas conta que a Stenna sempre procurou um canal com a qualidade do BabyFirst TV para poder ter em seu grupo de distribuição. "Durante uma visita a NATPE, conheci o Said e, com o objetivo de acompanhar as tendências na indústria audiovisual e atender a uma série de reuniões de negócios e aquisições de conteúdo, nós enxergamos a oportunidade de expansão do BabyFirst TV em território brasileiro", revela. "O intuito entre a parceria da Stenna e BabyFirst TV é aumentar de forma exponencial a expansão da oferta de conteúdo do canal para todas as plataformas e operadores do Brasil. Dessa forma, vamos assegurar que essa rica programação focada em animação infantil para crianças em idade pré-escolar possa percorrer toda a escala do digital e o linear, criando uma sinergia de complementação e trazendo muito aprendizado para as famílias brasileiras", completa.

Por fim, em relação à publicidade, campanhas desenvolvidas especificamente para o público brasileiro estão nos planos do canal mas, segundo Schwarz, isso será feito de forma cautelosa: "Uma vez que estamos tratando de uma programação infantil, os formatos de publicidade serão pensados exclusivamente para atingir as mães que acompanham seus filhos. Globalmente, o canal tem um alto índice de co-viewers devido à alta interatividade da programação. As oportunidades não se limitarão à estrutura dos anúncios nos 'breaks' e percorrerão também para o desdobramento de negócios no mercado de licenciamento varejista e branded content".


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.