Home Top Ad

Novo quadro ''Tem ou não tem, o jogo'', estreia neste sábado no 'Caldeirão do Huck'

Share:

Divulgação Globo

Se você perguntasse para cem pessoas o que não pode faltar na mochila de um escoteiro, o que elas responderiam? E se pedisse para elas dizerem um alimento que pode ser ralado, quais seriam os mais citados pelo grupo? Já se falasse para cem brasileiros elegerem o principal produto de uma maquiagem, o que eles colocariam na lista? São perguntas como essas que movem o ''Tem ou não tem, o jogo'', novo quadro do 'Caldeirão do Huck', que estreia neste sábado, dia 17. No palco do programa, duas famílias se enfrentam tentando descobrir as respostas mais citadas – mas nem sempre tão óbvias como parecem – em perguntas feitas a grupos de 100 integrantes sobre os mais variados assuntos. Aquela que descobrir mais respostas recorrentes ganha o duelo e tem a chance de levar para casa um prêmio de R$ 30 mil.
 
A nova disputa do ‘Caldeirão’ tem o formato do já consagrado “Family Feud”, sucesso no mundo todo desde 1976, ano em que foi lançado nos Estados Unidos. Ela chega ao programa em um momento em que o isolamento social fez com que as famílias ficassem mais tempo juntas em casa. E, com uma dinâmica divertida trazendo assuntos do dia a dia, vai além da busca pelo prêmio em dinheiro e mostra que os brasileiros, neste momento, estão mais conectados do que nunca. “Estamos em um momento em que as famílias nunca estiveram tão conectadas. Não só digital, mas também emocional e fisicamente. A pandemia colocou muita gente morando junto e bombou os grupos de Whatsapp da família, todo mundo dando opinião e querendo dar palpite sobre tudo. Então, por que não juntar tudo isso em um formato para TV?”, comenta o apresentador Luciano Huck.

Divulgação Globo

 A disputa
 
“Tem ou não tem, o jogo” começa com quatro rodadas de perguntas que investigam as respostas mais dadas por grupos de cem pessoas, equivalentes a um total de 100 pontos (1 por pessoa). Luciano Huck lê para as duas famílias participantes a pergunta que foi feita ao grupo e conta quantos itens eles citaram. 100 é a pontuação máxima da pergunta e ambas as famílias têm a chance de dar um chute inicial; aquela que acertar a resposta dada por um maior número de pessoas leva os pontos e a oportunidade de continuar acertando outras respostas citadas pelos cem integrantes. A rodada termina quando a família acerta todos os itens ou quando acumula três erros (itens que não foram citados por ninguém da pesquisa), neste caso dando à família adversária a chance de acertar um dos itens e “roubar” para si todos os pontos da outra equipe.
 
Ao final das quatro rodadas, a família que tiver acumulado mais pontos ganha o duelo e tem a chance de conquistar o prêmio de R$ 30 mil. Para isso, dois de seus integrantes participam do “Tudo ou nada”: o primeiro deles deve acertar as respostas mais citadas de cinco novas perguntas em apenas 25 segundos; o segundo, sem ter ouvido as respostas de seu familiar, tenta acertar os itens mais citados nas mesmas cinco perguntas em 30 segundos. A família leva o prêmio em dinheiro para casa se as respostas dos dois, somadas, chegarem a um total de 200 pontos. Caso contrário, ganha apenas R$ 5 mil.
 
O ‘Caldeirão do Huck’ vai ao ar aos sábados, após o ‘Simples Assim’. O programa tem direção artística de Hélio Vargas e direção geral de Clarissa Lopes.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.