Home Top Ad

Recém-lançado vídeo prequel apresenta as primeiras imagens de A Perfect Planet, nova série com Sir David Attenborough

Share:

Divulgação BBC

A voz de Sir David Attenborough e uma trilha sonora original, criada pelo premiado compositor inglês Ilan Eshkeri, estão no vídeo prequel de A Perfect Planet, nova superprodução de história natural da BBC. Com quatro minutos, o vídeo lançado globalmente nesta segunda-feira, 23 de novembro, foi filmado em cenários surpreendentes dos 31 países, em seis continentes, onde a série foi registrada durante quatro anos. O Brasil é representado na série pelo rio Trombetas,  um dos mais importantes afluentes do rio Amazonas, que banha o estado do Pará e flui por uma região isolada e rica em minerais. 

A estreia de A Perfect Planet está prevista para o próximo ano em todo mundo. A BBC Studios procura parceiro para exibição no Brasil.

A Perfect Planet apresenta as grandes forças da natureza que apoiam, impulsionam e permitem a vida na Terra. Com cinco episódios, a série mostra imagens inspiradoras, desde as terras inundadas pelas monções indianas até as encostas dos vulcões ativos havaianos, as ilhas das Bahamas e os desertos congelados da Ilha Ellesmere, no Canadá.

Comentando sobre o vídeo, Sir David Attenborough disse: “Este ano, talvez mais do que nunca, as pessoas estão encontrando conforto e consolo no mundo natural. Embora não possamos viajar, podemos tirar alguns momentos para aproveitar nosso planeta maravilhoso e diversificado nesta incrível filmagem”.

O produtor da série Huw Cordey revelou que, enquanto o Reino Unido entrava em quarentena no início deste ano, sua equipe teve que repensar a pós-produção da série: “Sir David adotou novas maneiras de gravar sua narração e a trilha sonora teve que ser finalizada na Islândia, um dos poucos lugares onde poderíamos reunir uma orquestra de cordas e gravá-la tocando ao vivo. As restrições da Covid nos impediram de fazer o mesmo com os metais e instrumentos de sopro, então eles tiveram de ser gravados separadamente em cada uma das salas de estar dos músicos”.

O premiado compositor Ilan Eshkeri criou a trilha para A Perfect Planet, juntando-se a nomes como Hans Zimmer e Steven Price, que anteriormente já haviam criado partituras para outras superproduções de história natural da BBC. A carreira de Eshkeri inclui colaborações com Annie Lennox, David Gilmour, Sinead O’Connor e KT Tunstall.

Sobre  o mais recente projeto, Eshkeri disse: “Criar a música para A Perfect Planet foi uma experiência extremamente gratificante. A série celebra o mundo extraordinário do qual fazemos parte, além de mostrar o delicado equilíbrio dos sistemas que sustentam a vida e o que precisamos fazer para garantir sua estabilidade futura. É uma mensagem muito importante para mim e com a qual acredito que temos a responsabilidade de nos envolver - de uma forma que não apenas eduque, mas também inspire a próxima geração. Isso influenciou minha abordagem da música e me abriu para escolhas não convencionais. Compor a música para A Perfect Planet também foi um enorme desafio - não apenas por causa dos problemas logísticos, sem precedentes, de tentar gravar uma orquestra durante o bloqueio! Sou grato a todos na BBC e na produtora Silverback que me apoiaram nas ideias  apresentadas.  Espero que minha música possa contribuir e inspirar nessa evolução".

Os primeiros quatro episódios exploram o poder dos vulcões, da luz solar, do clima e dos oceanos. O episódio final da série analisa o impacto dramático da mais nova força da natureza: os humanos - e o que pode ser feito para restaurar o equilíbrio perfeito de nosso planeta.

A Perfect Planet é produzida pela Silverback Films para BBC One e Discovery, e coproduzido com a Tencent Penguin Pictures, a ZDF German Television, o China Media Group CCTV9, a France Télévisions e a The Open University. Foi encomendado por Charlotte Moore, BBC Chief Content Officer, e Jack Bootle, Head of Commissioning, Science and Natural History.



Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.