Home Top Ad

Sem Censura conversa com Fernanda Abreu sobre os 30 anos de carreira solo da cantora

Share:

Reprodução

No Sem Censura que a TV Brasil transmite ao vivo às 14h de sexta-feira, dia 6, o apresentador Bruno Barros bate um papo com a cantora Fernanda Abreu, que este ano completou 30 anos de carreira solo.

Há seis meses em isolamento social, Fernanda celebrou as três décadas de estrada com um show no Rio de Janeiro. Mas a pandemia redefiniu seus projetos para 2020: em 13 de março, a cantora estreou a turnê do disco “Amor Geral”, de 2016, com a qual gravou o DVD comemorativo. A plateia, porém, estava vazia.

Do lado de fora, um público de 500 pessoas se preparava para entrar no teatro Imperator. O que ninguém sabia é que, poucas horas antes, um decreto do governador Wilson Witzel havia suspendido eventos em locais abertos e fechados.

Na conversa com o apresentador Bruno Barros, Fernanda Abreu relata como foi a decisão de gravar o espetáculo sem público, o que estava em jogo naquele momento e quais seus planos para contornar os obstáculos gerados pela chegada do novo coronavírus. A artista dá detalhes de duas coletâneas que está prestes a lançar, incluindo “Slow Dance”, uma seleção de baladas da sua discografia.

Ex-integrante da icônica banda Blitz, nos anos 1980, Fernanda Abreu estreou em carreira solo com o álbum "SLA Radical Dance Disco Club" (1990), sucesso de público e crítica. Nele, a cantora inovou ao combinar dance music com ritmos brasileiros – como o funk carioca – e referências à disco era dos anos 1970. Em 1992, com o disco “Sla 2 – Be sample”, Fernanda lançou seu maior hit: “Rio 40 graus” (Fernanda Abreu, Carlos Laufer e Fausto Fawcett).

Um dos mais tradicionais "talk shows" da televisão brasileira (no ar desde 1985), o Sem Censura conta com jornalistas no Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo, que trazem as notícias do dia. Outros profissionais de veículos da Empresa Brasil de Comunicação, como Agência Brasil e Rádio Nacional, comentam essas pautas.

A interação com o público se dá via hashtag #semcensura no Twitter e no Instagram. Os telespectadores ainda podem enviar mensagens por WhatsApp, no número (21) 99903-5329.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.