Home Top Ad

Brasil Caipira deste domingo na TV Brasil reúne apaixonados pela música de raiz

Share:

Divulgação

O Brasil Caipira que vai ao ar neste domingo (6), às 9h, na TV Brasil, conta com a participação de duplas que carregam no sangue a paixão pela música de raiz. Durante o programa, o apresentador Luiz Rocha recebe João Carlos & Carlos Leite, Wesley & Tiago e Zelão & Raí.

João Carlos & Carlos Leite têm forte ligação com a música tradicional. São sócios fundadores da “Associação de Violeiros de Poços de Caldas”, cidade mineira onde nasceram, seguem carreira desde 2002 e têm um disco autoral, “Coração Roçado”, lançado em 2015.

Entre as canções que apresentam no domingo estão "A saudade e o carreiro" (Almezino / Toni Gomide), "Estopim do canhão" (Francisco Ramos) e "Disparada" (Geraldo Vandré / Théo de Barros).

Também nascidos em Poços de Caldas, os irmãos Wesley & Tiago são filhos do músico Daniel Batista Mafra e cresceram familiarizados com a viola caipira e a harmonização de vozes dos duetos da música de raiz. Os mineiros seguem carreira desde a infância, e já conquistaram prêmios como o 1º lugar no Festival de Música Sertaneja Raiz Inédita da Festa Uai, em 2001. Wesley & Tiago lançaram o CD "Rastros de Saudade", em 2017, com 13 músicas inéditas, entre composições próprias e de parceiros.

Neste episódio do Brasil Caipira, eles entoam "Eu e minha viola" (Daniel Mafra / Wesley / Tiago), "Viola benta" (Adão Nildo / Toni de Souza / Maurício Felipe) e "Rastros de saudade" (Daniel Mafra / Wesley / Tiago).

Zelão & Raí são goianos, da cidade de Inhumas, região onde exercem o papel de guardiões da música caipira. Para a dupla, cantar os clássicos da cultura tradicional de raiz significa estar ao lado de uma segunda família.

Durante o programa eles interpretam "Rosa branca perfumada" (João Mulato / Jesus Belmiro), "O patrão e o empregado" (Lourival dos Santos / Tião Carreiro) e "Preto inocente" (Teddy Vieira / Campão / Bento Palmiro).


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.