Home Top Ad

Canal Like - Destaques da programação de 17 a 23 de janeiro

Share:

Divulgação

Muitas novidades e programas imperdíveis são os destaques da próxima semana no Canal Like (530 da Claro).  O domingo começa com Anne Braune, que traz as principais novidades da TV por assinatura, do VoD e do streaming no “Agenda Like”, às 10h. Às 18h, é a vez de Chico Adnet entrevistar a pianista, compositora e arranjadora Delia Fischer no “Música e Cinema”. Na segunda, dia 18, às 20h, o Like fala sobre o Festival de Sundance 2021, que será totalmente online por conta da pandemia. Mais tarde, às 22h, o "Entrevista Like em Casa" traz um papo com Helena Hilario, diretora do curta "Umbrella", produção brasileira lançada no Youtube dia 7 de janeiro e que passou pelos maiores festivais do mundo. E para fechar a semana, na quinta, 21 de janeiro, às 20h, Dominique Magalhães recebe a fundadora da Raccord Produções Clélia Bessa no "Like a Live''.

AGENDA LIKE

Procurando diversão para a semana? No “Agenda Like” de domingo, 17 de janeiro, às 10h, Anne Braune reúne as melhores dicas dos principais especiais, lançamentos e maratonas da TV por assinatura, do VoD e do streaming!

O bloco diário "As Manhãs com Mickey", no Disney Junior, chega com uma super estreia na segunda. "Molang" é uma série de humor que mostra a relação entre um coelho excêntrico e alegre e uma garota tímida, discreta e emotiva. Apesar das diferenças, eles vivem uma amizade única e a cada situação que enfrentam, descobrem novas formas de se divertir.

A partir desta segunda-feira o Animal Planet tem acesso exclusivo às dependências do zoológico do Bronx e registra essa visita especial na quarta temporada de "O Zoológico". Localizado na cidade de Nova York, o local é lar de cerca de seis mil animais e ocupa área de mais de cem hectares. A série mostra a rotina do local de perto: nascimento de filhotes, cirurgias, esforços para pesquisa e reprodução em cativeiro. São episódios que salientam o papel fundamental do zoológico para o surgimento de uma nova consciência ambiental em uma das regiões mais urbanizadas do mundo. Ali, as grades não enclausuram os animais e a integração das espécies com biomas cuidadosamente reproduzidos é premissa.

Na terça, o History estreia uma série que acompanha uma divertida caça ao tesouro pelos Estados Unidos. Na atração, o comediante e colecionador Jeff Foxworthy viaja em busca dos tesouros escondidos que pessoas comuns guardam durante anos, na esperança de um dia transformá-los em dinheiro. Foxworthy e sua equipe examinam uma variedade de relíquias de família, bugigangas e tesouros para ajudar as pessoas a saberem se estão sentadas em uma mina de ouro ou se estão apenas segurando itens por valor sentimental.  

A partir de quarta, Archie, Betty, Veronica e companhia estão de volta na nova temporada de Riverdale na tela da Warner Channel com estreia mundial e simultânea com os Estados Unidos. Nessa quinta temporada, a série deixará para trás os eventos da Stonewall High School e o desmantelamento da irmandade que era liderada por Donna Sweett. Chegará a hora de enfrentar os inquietantes vídeos que um observador anônimo fez de cada habitante e que deixou na porta de suas casas. Além disso, o deslize de Archie e Betty pode ter algumas consequências, agora que os amigos estão vivendo seus últimos momentos como colegas de classe. 

Também na quarta, a continuação do bem-sucedido “Invasão Zumbi”, "Invasão Zumbi 2: Península" chega no NOW. A sequência do sucesso mundial avança quatro anos na história. Após o surto de zumbis que atingiu os passageiros de um trem-bala com destino a Busan, a península coreana ficou devastada. Jung-seok, um ex-soldado que conseguiu fugir do país surpreendentemente encontra alguns sobreviventes durante sua missão de retornar.

A partir da obra-prima de Dickens, o filme “A Vida Extraordinária de Copperfield” traz uma visão renovada e diferente da obra semi autobiográfica do seu autor. Passado na década de 1840, o filme narra a vida do seu icônico protagonista, interpretado por Dev Patel, enquanto ele se movimenta num mundo caótico, na tentativa de encontrar um lugar que parece escapar. Da sua infeliz infância à descoberta do seu dom como contador de histórias e escritor, o percurso de David, ora hilariante, ora trágico, é sempre cheio de vida, cor e humanidade. A partir desta quinta no NOW.

Do mesmo criador de "The Vampires Diaries'', chega nesta sexta na Netflix o live-action do desenho animado italiano "O Clube das Winx". "Fate: The Winx Saga" acompanha a jornada de cinco fadas adolescentes em Alfea, um internato mágico que fica em Outro Mundo. Lá, elas devem aprender a dominar seus poderes enquanto lidam com suas vidas amorosas, novas amizades, rivalidades e monstros que ameaçam a existência delas mesmas.

No sábado, o Discovery pega carona nos veículos dos agentes de segurança responsáveis pelas rondas, operações, interceptações e socorro nas principais vias espanholas com a estreia de "Operação Estrada: Espanha". A série registra o trabalho dos policiais que fazem parte da divisão chamada Guardia Civil de Tráfico, os responsáveis pela segurança nas rodovias e rotas que conectam as cidades do território espanhol entre si e com os países vizinhos. As câmeras captam a ação eletrizante que faz parte da rotina de trabalho desses agentes dedicados a salvar vidas no asfalto.

O History exibe neste domingo o documentário nacional inédito “Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil”. Vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, o documentário acompanha a investigação do historiador Sidney Aguilar, a partir da descoberta de tijolos marcados com suásticas nazistas em uma fazenda no interior de São Paulo. A investigação revela uma descoberta assustadora: durante aos anos 1930, 50 meninos negros e afrodescendentes foram levados de um orfanato no Rio de Janeiro para essa fazenda e foram vítimas de experimentos eugênicos. “Menino 23” explora como uma nação mestiça absorveu o eugenismo, ao ponto de negar seu passado multirracial, buscando alcançar um padrão estético europeu.

O segundo dos dois episódios especiais da série dramática ganhadora do Emmy "Euphoria" chega à HBO no domingo. O episódio especial dirigido por Sam Levinson, intitulado "F*ck Anyone Who's Not A Sea Blob”, mostra Jules (Hunter Schafer) durante o período de Natal refletindo sobre o ano. Schafer também é co-produtora executiva deste segundo episódio especial e assina o roteiro com Sam Levinson, criador da série.

Canal Like: 530 da Claro
No ar domingo, dia 17 de janeiro, às 10h
Assista também: terça, dia 19, e quinta, dia 21, às 10h

MÚSICA E CINEMA - DELIA FISCHER

A entrevistada desta semana de Chico Adnet é a pianista, compositora e arranjadora Delia Fischer. Em um papo descontraído e musical, o apresentador faz um passeio pela carreira da artista.

Sobre o início de sua relação com a música, Délia contou que sabia que desde pequena que sua vida profissional seria ligada a ela. "Foi bem cedinho que eu resolvi fazer música profissionalmente, porque eu era ligada à dança, eu era uma menina daquelas que gostava de dançar ballet, fazer ginástica rítmica, ginástica olímpica, competia, fazia sapateado. Eu era super conectada com o corpo. Aos poucos eu fui migrando para a música e com 13 anos eu falei 'minha carreira vai ser música'".

Délia passou dez anos trabalhando com teatro musical, e também comentou sobre isso. "Em 2007 eu recebi meu primeiro convite, para fazer orquestração do musical do Ed Motta, que foi o "7 - O Musical". E aí a partir de Beatles veio mais, Elis, Rock in Rio, Chacrinha, e aí pronto". 

Canal Like: 530 da Claro
No ar domingo, dia 17 de janeiro, às 18h
Assista também: terça, dia 19, e quinta, dia 21, às 18h

MOSTRAS E FESTIVAIS ONLINE: SUNDANCE 2021

O Festival de Sundance é conhecido por exibir a vanguarda do cinema norte americano. Foi lá que Tarantino estreou o seu primeiro filme, e onde “Corra!”, de Jordan Peele, teve a sua primeira exibição. Apesar da tradição norte-americana, de uns anos pra cá Sundance tem ficado cada vez mais internacional, os filmes brasileiros têm marcado cada vez mais presença. Em 2015, por exemplo, Regina Casé ganhou um prêmio de atuação no Festival por sua performance no filme “Que Horas Ela Volta?”, de Anna Muylaert. Esse ano, o Brasil é representado por um longa e um curta-metragem, ambos de ficção. O longa é o filme “A Nuvem Rosa”, de Iuli Gerbase, e o curta "Inabitável", de Matheus Farias e Enock Carvalho.

O Festival de Sundance acontece todo ano em uma pequena cidade chamada Park City, no estado de Utah, nos Estados Unidos. Por causa da pandemia da Covid-19, esse ano o evento vai ser descentralizado. A sua programação vai ocorrer de maneira online, mas o festival também vai ter uma série de "telas-satélites": cinemas parceiros espalhados pelos Estados Unidos que vão exibir alguns dos mais de cem filmes escolhidos para a edição de 2021 do festival. Porém, apenas moradores dos Estados Unidos poderão comprar ingressos para os filmes. 

Canal Like: 530 da Claro
No ar segunda, dia 18 de janeiro, às 20h
Assista também: quarta, dia 20, e sexta, dia 22, às 20h

ENTREVISTA LIKE EM CASA: UMBRELLA

A convidada de Anne Braune para a edição do "Entrevista Like em Casa" de segunda-feira, dia 18, às 22h, é Helena Hilario. A diretora é responsável pelo curta "Umbrella", produção brasileira que foi lançada no Youtube dia 7 de janeiro e passou pelos maiores festivais do mundo. 

Helena contou como foi a ideia para o curta. A animação é inspirada em uma história vivida por sua irmã, quando visitou um orfanato em 2011 e conheceu um menino que queria ganhar um guarda-chuva de presente. "Duramente ele falou para ela, com suas poucas experiências de vida, com quatro ou cinco aninhos, super pequenininho, ele falou 'tia eu quero um guarda-chuva porque quando meu pai me deixou aqui, tava chovendo. E ele falou que ia voltar para me buscar e nunca mais voltou'. Essa história dilacerou os nossos corações. A gente levou isso como um aprendizado para a vida, porque a gente conseguiu se conectar, com essa história e com esse momento de dor do menino, de uma maneira que fez a gente refletir e não julgar as outras pessoas."

A produção foi exibida em sessões para o público em quatro cidades diferentes, e Helena explicou como foi gratificante ver a reação dos espectadores. "Ver o público reagindo e falando genuinamente, de coração, que se identificou com o projeto, que tem perda na família, é o objetivo. Poder contar uma história que é tão universal que pessoas de vários lugares do mundo conseguem entender, várias pessoas conseguem se conectar com essa dor, mas também terminar o filme com uma esperança."

Canal Like: 530 da Claro
No ar segunda, dia 18 de janeiro, às 22h
Assista também: quarta, dia 20, e sexta, dia 22, às 22h

LIKE A LIVE: CLÉLIA BESSA

Em mais uma conversa sobre a situação do audiovisual em tempos de pandemia, Dominique Magalhães recebe a fundadora da Raccord Produções Clélia Bessa no "Like a Live''.

Ao falar sobre sua infância, Clélia reforçou a importância que a cidade de Manaus, onde morou, teve para a sua carreira. "Acredito que o que me influenciou no audiovisual é, de uma certa forma, que no Amazonas tudo é muito grande, o Rio Negro é enorme, tudo é muito grande, tem uma espetacularização das coisas, o peixe-boi é gigante, tudo é muito grande, tudo é muito espetacular, tudo é muito gigante. Então acho que essa dimensão visual foi importante para minha formação."

A convidada falou também das consequências da pandemia de Covid-19 para o audiovisual, destacou a força que o streaming conquistou nesse período, mas disse que o futuro da indústria ainda é incerto. "O cinema é uma opção que eu vou ter, mas, obviamente, aquilo vai estar no streaming muito mais rápido, em uma janela muito mais curta do que era anteriormente. Eu acho que na verdade a gente tem vivido uma mudança, que está ocorrendo nesse momento, não sei te dizer qual será o futuro, devem ter centenas e centenas de executivos se perguntando isso todos os dias, no mundo inteiro". 

Canal Like: 530 da Claro
No ar quinta, dia 21 de janeiro, às 20h


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.