Bia Kicis diz que decisão que beneficia Lula traz ''uma tremenda insegurança jurídica''

Reprodução

Bia Kicis afirmou que a decisão de Edson Fachin que beneficia Lula traz “uma tremenda insegurança jurídica”. Aliada de Jair Bolsonaro, a deputada do PSL foi eleita para comandar a Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante da Câmara.

Em entrevista exclusiva a José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes, ela disse lamentar que o ex-presidente esteja solto e declarado ficha limpa. Bia Kicis prometeu trabalhar pela retomada da prisão depois de condenação em 2ª instância para reforçar o combate à corrupção. Ela admitiu que o colega de partido, Daniel Silveira, quebrou o decoro ao atacar o Supremo, mas reiterou ser contra a detenção dele.

A nova presidente da CCJ da Câmara vê liberdades e garantias individuais previstas na Constituição sendo agredidas com o pretexto de se enfrentar a pandemia. Na avaliação da deputada, que é advogada e ex-procuradora de Justiça, medidas como lockdown ou toque de recolher jamais poderiam ser adotadas por estados e municípios.

A íntegra da entrevista está disponível no canal da Rádio Bandeirantes no YouTube.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem