Cinco razões para assistir 'Search Party'

Divulgação

'Search Party' é uma sitcom recheada de situações cômicas e muito improváveis com personagens peculiares, que reflete e critica uma geração marcada pela tecnologia e pelas redes sociais, sem perder a pitada de diversão, mesmo em momentos de intriga e alguns "choques de realidade". A quarta temporada da série estreia hoje, dia 12 de abril, na faixa das 13h, na Warner Channel.

Confira abaixo os motivos para você não perder mais nenhum episódio:

• Millenials como nós

É possível encontrar em ‘Search Party’ um autorretrato de momentos e situações que, embora pareçam um tanto implausíveis, são realmente mais familiares para nós do que parecem.

• Secundários como Portia e Elliot

Você verá alguns personagens que se pegam com seus comentários vazios e ridículos, que não se surpreendem ao tomar decisões que são sempre para o seu próprio bem ou porque não têm a capacidade de se colocar em uma situação diferente da sua.

• Capítulos leves, com toque final incluído

A série consegue manter um enredo que, apesar de se desenrolar em poucos capítulos, mantém a sua intriga e mistério graças à introdução de diálogos repletos de sagacidade e humor, e a algumas reviravoltas finais.

• O que realmente conta

Essa comédia hipster explora a geração millenials a fundo, mostrando personagens que apenas buscam ser o centro das atenções e exalam narcisismo.

E, o principal:

Os Personagens:

Julian

Ele definitivamente tem seus momentos, e é o único na série que parece ter alguma direção e habilidades decentes de empatia junto com algum julgamento moral. Embora ele tenda a tirar proveito das pessoas para impulsionar seu material de escrita e carreira freelance, ele não faz isso de uma forma sedenta de poder. Ele também enxerga além das besteiras de todos e não tem medo de expô-las. Julian é definitivamente o menos problemático de todos.

Gail
Um bom coração e boas intenções. Ela certamente não é uma pessoa má, ela apenas tem muitas coisas acontecendo em sua vida pessoal e sua autodepreciação impulsiva a está conduzindo por um caminho sombrio.

Marc

Marc é ingênuo e, embora pareça um pouco bobo, é extremamente adorável. Mesmo que ele tenha muitos de seus próprios problemas, incluindo agradar as pessoas e deixar que as pessoas pisem nele, ele é um dos personagens da série que mais tem empatia e compaixão.

April

Selvagem, imprevisível e assustadora. Ela tem um temperamento incrível. Também fala o que pensa e não espera nenhum tratamento especial. Se conhece, tem os seus princípios (mais ou menos), e não aceita pouco de ninguém e sabe muito bem quando está sendo manipulada.

Portia

Manipuladora, e um pouco egocêntrica, Portia é 100% a menos terrível do grupo principal de amigos. Ela é uma amiga genuinamente boa (mas nem sempre) e tenta se tornar uma pessoa melhor conforme o as temporadas avançam.

Chantal

Ela também é o epítome de uma geração fora de alcance, sem propósito e aspirações viáveis ​​na vida, ela nem sempre consegue mostrar remorso por seu comportamento às vezes irresponsável que acaba afetando sua família e aqueles ao seu redor. Gosta muito de chamar a atenção e acaba parecendo um pouco egoísta.

Elliot

Teve momentos ao longo da série em que mostra um certo remorso e empatia e parece que está no caminho certo. Mas ele sempre acaba fazendo algo de errado. Além disso, trata um pouco mal o Marc, que o amou incondicionalmente, apesar de Elliot não merecer.

Drew

Houve momentos em que Drew não parecia um cara tão horrível. Mas depois do assassinato, ao invés de assumir sua parte, ele escolheu colocar toda a culpa em Dory. Drew também curte péssimas decorações de apartamento, o que o torna o mais irritante do grupo de amigos.

Dory

Ela tem um trabalho pelo qual não tem paixão, um relacionamento de três anos que está estagnado e sem aspirações futuras. Esse estilo de vida a leva a uma busca desenfreada por Chantal, tornando-se quase uma obsessão, sendo que ela nada mais é do que uma velha companheira que não via há anos. Essa busca é o reflexo perfeito de como Dory não encontra sentido em sua vida e precisa de um objetivo que a motive e a faça se interessar por algo, neste caso o seu desaparecimento. Dory é realmente um ser perdido que quer se encontrar, como muitos de nós.

Não perca a estreia da quarta temporada de ‘Search Party’ a partir de 12 de abril de 2021, na faixa das 13h, na Warner Channel
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem