Série Órfãos da Vida Selvagem mostra soltura de animais em reserva da Namíbia

Divulgação

O seriado documental Órfãos da Vida revela, nesta quarta-feira (12), às 17h, o trabalho da ambientalista Marlice van Vuuren e de sua família para devolver sete chitas e um leopardo à natureza. Durante a atração exibida pela TV Brasil, o momento tão aguardado pelo grupo mostra o gosto de liberdade desfrutado pelos animais. 

De manhã cedo, um comboio de veículos e reboques com as chitas e o leopardo deixa a Fundação Naankuse, onde as espécies foram cuidadas, para uma viagem de seis horas até Sandfontein, uma reserva particular no extremo sul da Namíbia. À medida que o grupo avança, a paisagem muda tornando-se mais montanhosa. 

Marlice, seu marido Rudie e seus filhos Zacheo e Nicklai decolam do Aeroporto Internacional de Windhoek para o voo de duas horas. Quando chegam à reserva, a família faz um sobrevôo baixo em saudação a todo o trabalho árduo que foi feito. 

Todos se dirigem imediatamente para o ponto de liberação, um acampamento de dois hectares. Os três irmãos chita são soltos no campo e vão passar seis meses no local antes de poderem ir para o resto da reserva. Já o leopardo macho é levado para um ponto mais próximo das montanhas, onde é libertado quando o sol se põe. 

Na manhã seguinte, o comboio parte para Solitaire, na orla do deserto da Namíbia, com as quatro chitas restantes. Elas são devolvidas ao habitat no dia seguinte - um momento emocionante para Marlice, Rudie e todos que estiveram envolvidos com os animais nos últimos meses.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem