"O mundo da política é quase uma fábrica de pecados", diz Thaís Oyama no Linhas Cruzadas

Divulgação Bruna Frasson

Vaidade, ira, inveja, gula, luxúria, preguiça e avareza são os sete pecados capitais, tema da próxima edição do Linhas Cruzadas. Na próxima quinta-feira (24/6), Thaís Oyama e Luiz Felipe Pondé apresentam um programa com informações sobre as origens dos conhecidos defeitos e seus prejuízos. A edição vai ao ar a partir das 22h, na TV Cultura.

A jornalista e o filósofo fazem um resgate histórico das origens dos pecados. Mergulhando lá no século 13, época de São Tomás de Aquino e Santo Agostinho, quando tudo se desenhou. Em seguida, com participações de filmes e do público, os apresentadores demonstram como os pecados fazem parte do dia a dia da vida humana. Thaís acrescenta, "O mundo da política é quase uma fábrica de pecados, uma fábrica de produção em massa de pecados. Acho que tem de tudo."

Do começo ao fim, a edição segue com questionamentos sobre as consequências de se cometer atos pecadores, se há um equilíbrio entre os pecados e se estes atos são fruto da intensidade humana. "Eu acho que, de repente, uma vida sem pecados é uma vida sem graça. Porque grande parte da vida é esse embate com desejo o tempo todo", finaliza Pondé.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem