Segunda temporada de "Pode Entrar" estreia no GNT e na WEB

Divulgação

A partir do dia 17 de junho, o público poderá fazer um tour virtual e intimista pelas casas de Ary Fontoura, Alice Caymmi, Aline Midlej, Emanuelle Araújo, Elisa Lucinda, Di Ferrero, Mariana Xavier, Dudu Bertholini, Paulo Vilhena, Roberta Sá, Rodrigo Fagundes e Wendell Bendelack, Stephanie Ribeiro e Tiago Abravanel. Em 'Pode Entrar', que tem sua segunda temporada a partir de 17 de junho no canal Casa GNT, no Youtube, e 20 de julho na TV, os artistas mostram os cantos favoritos de suas residências, os móveis e objetos mais queridos por eles e demais aspectos que dão personalidade às suas casas.

"O projeto Pode Entrar concilia vários ingredientes de sucesso no nosso território de casa: entramos na intimidade do lar de pessoas queridas do nosso público, com esse formato de "tour" - tão aderente ao ambiente do YouTube. Nele, nossos convidados - que fizeram sozinhos as gravações, em função da pandemia - mostram seus cantos e objetos preferidos do cotidiano, num tom intimista, trazendo história e muita memória afetiva por trás da casa. É uma forma de inspirar e entreter também pela decoração", conta Fabiana Gabriel, gerente de Marketing e Digital dos canais GNT, VIVA e Mais na Tela.

O "Pode Entrar" tem como proposta mostrar decorações inspiradoras e cheias de afeto, além de refletir sobre a relação do indivíduo com o lugar que habita - sobretudo após a ressignificação do lar com a pandemia. Com direção de Leticia Prisco, a atração, gravada remotamente, conta com 13 episódios e estreia às 21h, com novos episódios às quintas, no YouTube Casa GNT. No GNT, na TV, os inéditos vão ao ar às terças, às 9h.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem