Série sobre migrantes e refugiados estreia no Dia do Refugiado no Canal Futura

Divulgação 

As histórias de vida de migrantes e refugiados no Brasil formam o eixo central de Ser Brasil - migrantes e refugiados, série de 9 episódios documentais, em seis idiomas, com estreia em 20 de junho - Dia Mundial dos Refugiados -, na programação nacional do Canal Futura e plataforma Canais Globo.

Pelas ruas de São Paulo, Félix Morales narra a sua experiência, quando em 1998 veio do Peru para trabalhar em torres de energia, em regime análogo ao de escravo. Marry Alnakola é uma jovem aprendendo a ser brasileira. Refugiada da guerra da Síria, ela vendia doces nas ruas de Curitiba. Hoje cursa faculdade de direito, depois de ter acesso a cursos de Jovem Aprendiz.

Em Ser Brasil, histórias tão diversas mostram que o Brasil nunca deixou de ser uma terra almejada por muitos povos e origens. Mas pouco sabemos como é a vida dos novos migrantes e refugiados que aqui chegam, em busca de trabalho decente e chances de recomeço. Pessoas do Haiti, Peru, Síria, Venezuela e Bolívia integram as narrativas, com versões em português, espanhol, creole, francês, árabe e inglês.

Com formato híbrido de websérie e tevê, a série Ser Brasil faz parte de um amplo projeto promovido conjuntamente pela Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), vinculada à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Os episódios são de curta duração (3’45" cada). Em cada narrativa, são contadas as histórias das personagens; ao final, especialistas passam orientações sobre a direitos e a legislação brasileira, além de canais de ajuda e denúncias.

Os enredos documentais abordam temas como o trabalho infantil, trabalho análogo ao de escravo e tráfico de pessoas. Também são mostradas experiências de superação e de inserção de migrantes e refugiados em programas de aprendizagem profissional.

A linguagem visual da série cruza estéticas do vídeo-documental e da fotografia, em diálogo com o conceito do retrato clássico. A produção da série é da produtora TranseLab, com direção de André Costantin e produção executiva de Daniel Herrera.

SER BRASIL - MIGRANTES E REFUGIADOS
Canal Futura
Os trabalhos e os sonhos de migrantes e refugiados que buscam uma nova vida no Brasil.

Pré-estreia dia 20 de junho, às 17h15 (exibição especial dos 9 episódios).
Exibição semanal dos episódios da série, a partir de 25 de junho:
- Estreias às sextas, às 21h30.
- Reprises aos domingos, 14h30; às terças, 2h30
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem