3ª temporada de ''Cineastas do Real'' estreia no Canal Brasil

Divulgação

Amir Labaki busca entender as motivações por trás de importantes documentários e vasculhar detalhes da filmografia de seus realizadores na nova temporada de ''Cineastas da Real'', que estreia no Canal Brasil quarta, dia 04/08, às 19h30 – e, na mesma data, chega aos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo. Diretor do “É Tudo Verdade”, maior festival dedicado ao gênero no Brasil, e curador da faixa de mesmo nome, que ocupa a grade do canal às quartas, às 20h, Labaki tem uma relação muito próxima com essa vertente e recebe no programa consagrados documentaristas brasileiros para conversas sobre o universo do cinema real.

''A nova temporada de ‘Cineastas do Real’ é mais um importante capítulo da longa e bem-sucedida parceria entre o Canal Brasil, Amir Labaki e o É Tudo Verdade. Para além da curadoria e da apresentação dos filmes da faixa É Tudo Verdade, com o programa, o Amir traz um olhar crítico, de especialista, sobre a carreira dos maiores realizadores de documentários no Brasil – gênero que, nos últimos anos, vem vivendo uma fase muito fértil, de muitas premiações em festivais mundo afora. Com o ‘Cineastas do Real’, a gente consegue conhecer, com leveza e profundidade, a história de cada realizador, o que acaba criando registros fundamentais.  Os episódios são muito interessantes para que se entenda a maneira, o olhar de cada realizador, e como isso é transformado em filme, além da história da produção e da realização de documentários no Brasil'', afirma André Saddy, diretor-geral do Canal Brasil.

''A pandemia adiou a temporada e nos forçou a gravar remotamente. Perdi o privilégio do convívio pessoal, mas o programa nada perdeu em foco, sintonia e concentração”, explica Amir Labaki. “Renovo minha gratidão ao Canal Brasil, que não só renovou a parceria como tampouco pestanejou em apostar num novo formato diante das restrições sanitárias'', complementa.

O episódio de estreia investiga a obra de Walter Salles, diretor de documentários como ''Socorro Nobre'' (1995) e “Jia Zhangke, Um Homem de Fenyang” (2014). O tema central do programa é a possibilidade de somar ao cinema de ficção experiências com documentário. Sobre essa prática ser comum e pioneira no Brasil, Salles afirma: “Talvez isso aconteça porque no Brasil a realidade é extraordinariamente imprevisível. E chegamos ao ápice dessa questão hoje, na irrealidade cotidiana com a qual a gente se defronta todos os dias. Daí decorre também a dificuldade de se fazer ficção no Brasil. Isso já me aconteceu muitas vezes: começar uma história, ter dois anos de desenvolvimento e se dar conta de que os pontos cardinais dessa história já foram ultrapassados pela realidade. Tem um chamamento da realidade constante, que te pede pra filmar aquilo. A todo momentos os cineastas brasileiros se encontram com situações que precisam ser registradas. Eu acho que o cinema existe para, entre outras coisas, registrar aquilo que não mais será. E a gente tem a impressão constante de que, no Brasil, alguma coisa não está mais sendo”.

Nos programas seguintes, Labaki entrevista, respectivamente: Antonio Carlos da Fontoura, Joel Zito Araújo, Sandra Kogut, Sérgio Tréfaut, Ricardo Calil, Gregorio Bacic, Silvio Da-Rin, Daniel Santiago, Ana Carolina, Cristiano Burlan, Walter carvalho e Sérgio Oksman.

Amir Labaki - fundador e diretor do “É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários” – foi também diretor do Museu da Imagem e do Som de São Paulo e membro do rol de críticos do Festival Internacional de Documentários de Amsterdã (Holanda), o principal evento mundial dedicado ao gênero. Desde 2004 a faixa de documentários “É Tudo Verdade” faz parte da grade do Canal Brasil, e apresenta os destaques do festival, com curadoria de Labaki.

Cineastas do Real (2021) (13 x 25’)
Apresentação: Amir Labaki
Estreia: quarta, dia 04/08, às 19h30
Horário: quartas, às 19h30
Horário alternativo: às 13h30 e terça, às 7h
Classificação: Livre

Sinopse dos episódios:

_ep 1 - Uma entrevista com Walter Salles, diretor de documentários como “Socorro Nobre” (1995) e “Jia Zhangke, Um Homem de Fenyang” (2014).

_ep 2 - Conversa com Antonio Carlos da Fontoura, realizador de clássicos como “Heitor dos Prazeres” (1966) e “Ver Ouvir” (1966).

_ep 3 - Vencedor do É Tudo Verdade em 2001 com “A Negação do Brasil”, Joel Zito Araújo é o entrevistado do 3o episódio da temporada.

_ep 4 - A cineasta Sandra Kogut, de “Parabolic People” (1991) e “Um Passaporte Húngaro” (2001), discute sua obra com Amir Labaki.

_ep 5 - Cineasta brasileiro, radicado em Portugal, Sérgio Tréfaut fala da sua relação com o cinema e com os países.

_ep 6 - Vencedor do É Tudo Verdade em 2019 com "Cine Marrocos" e em 2021 com "Os Arrependidos", Ricardo Calil discute seu processo de criação em projetos solo e em parceria.

_ep 7 - Autor de "Retrato de Classe" (1977), o realizador Gregório Bacic conversa sobre sua produção no cinema e no audiovisual.

_ep 8 - Amir Labaki conversa com o cineasta Silvio Da-Rin, diretor de obras como "Hércules 56" (2007) e "Missão 115" (2018).

_ep 9 - Conversa com o realizador Daniel Santiago, diretor de "O Coração do Brasil" (2013) e produtor de clássicos como "Eles Não Usam Black-Tie" (1981).

_ep 10 - A cineasta Ana Carolina, de "Getúlio Vargas" (1974) e "Mar de Rosas" (1977), discute sua obra.

_ ep 11 - Vencedor do É Tudo Verdade em 2013 com "Mataram Meu Irmão, Cristiano Burlan discute sua obra e seus processos criativos.

_ep 12 - Uma entrevista com o cineasta Walter Carvalho, autor de documentários como "Janela da Alma" (2001) e "Raul - O Início, o Fim e o Meio" (2011).

_ep13 - A entrevista com o diretor brasileiro, radicado na Espanha, Sérgio Oksman, encerra a terceira temporada.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem