Documentário "O Rap pelo Rap 2" estreia no Music Box Brazil a partir desta quarta

Divulgação

A cultura que envolve o movimento hip hop brasileiro emergiu dos subúrbios das grandes capitais e tomou as ruas do país. Mais do que um estilo musical ou de vida, o rap atingiu uma juventude carente de perspectivas através de uma gnose representativa, inclusiva e que instruía na sobrevivência urbana, denunciando a marginalização e os preconceitos estruturais da sociedade brasileira. A relevância social do movimento e sua importância no tecido cultural brasileiro é o tema do documentário ''O Rap Pelo Rap 2'', que vai ao ar nos dias 7 (22h00), 8 (10h00) e 24 (18h45) de julho, para rede nacional, no canal de TV por assinatura Music Box Brazil e na plataforma Box Brazil Play, dedicada exclusivamente ao conteúdo nacional.

Continuação do projeto homônimo lançado em 2014 pelo cineasta Pedro Fávero, o documentário traz entrevistas de nomes consagrados e da nova geração do rap brasileiro, cujas explanações traçam um panorama da evolução do hip hop nacional, mostrando como a ascensão de novos artistas fomentou o avanço nas pautas e problemáticas abordadas pelo movimento. Se por um lado a chegada do rap ao mainstream gestou vertentes “higienizadas”, que se propõem a refletir anseios delimitados pelos horizontes do sistema vigente, sua popularidade viabilizou também que pautas identitárias e estruturais historicamente negligenciadas na cultura popular encontrassem expressão e audiência, em um movimento dialético com as camadas menos privilegiadas da sociedade.

''O Rap Pelo Rap 2'' foi gravado em 2019 e conta com depoimentos de Thaíde, Mano Brown, Djonga, Rincon Sapiência, Froid, Nill, Glória Groove, Dj Miria Alves, WC no Beat, MC Soffia, Rico Dalasam, Baco Exu do Blues, Matéria Prima, Nego E, Dryca Ryzzo, Bivolt, Alt Niss, Karol de Souza, DJ Mayra Maldjian, Tássia Reis, Tatiana Bispo, Drik Barbosa, Stefanie, Brisa Flow, Bárbara Sweet, Victor Xamã e Arit.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem