Partituras apresenta o rock de Guns N’Roses na releitura da Orquestra Petrobras Sinfônica

Divulgação

O Partituras inédito que a TV Brasil exibe no domingo (11), às 22h30, traz a Orquestra Petrobras Sinfônica (OPS) interpretando músicas da banda americana de hard rock Guns N’ Roses.

Sob a regência do Maestro Felipe Prazeres e com arranjos feitos especialmente para o concerto, a OPS emprega instrumentos inusitados para formações tradicionais da música de câmara, como dois violinos e um violoncelo elétricos. Um concerto para se ouvir e dançar.

A Orquestra faz releituras dos maiores hits da banda: “Sweet Child O’ Mine” (Axl Rose; ‎Slash‎; ‎Izzy Stradlin), “Live And Let Die” (Paul McCartney, Linda McCartney), “Paradise City” (Slash, Axl Rose, Izzy Stradlin, Duff McKagan, Steven Adler), “November Rain” (Axl), “You Could Be Mine” (Axl Rose, Izzy Stradlin), “Since I Don’t Have You” (Jackie Taylor, James Beaumont, Janet Vogel, Joseph Rock, Joe Verscharen, Lennie MartinWally Lester), “Shadow Of Your Love” (Axl Rose, Izzy Stradlin, Paul Tobias), “Patience” (Slash, Axl Rose, Izzy Stradlin, Duff McKagan, Steven Adler), “Welcome To The Jungle” (Slash, Axl Rose, Izzy Stradlin, Duff McKagan, Steven Adler) e “Sweet Child O’ Mine” (Slash, Axl Rose, Izzy Stradlin, Duff McKagan, Steven Adler).

Em sua sétima temporada, o Partituras abre espaço na TV Aberta para a chamada “Grande Música”. Além das apresentações semanais, o programa traz entrevistas com os músicos convidados. A ideia é aprofundar e enriquecer a experiência do telespectador, que pode conhecer a trajetória dos artistas e descobrir curiosidades sobre as obras executadas.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem