Presidente da Caixa Econômica Federal é o convidado do Sem Censura desta segunda

Reprodução

O programa Sem Censura desta segunda (2) recebe o Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. A jornalista Marina Machado conversa, ao vivo, a partir das 21h30, com Guimarães sobre a transformação digital do banco e as perspectivas do cenário econômico do país.

O Programa também recebe dois debatedores especialistas, os jornalistas Raphael Veleda (Metrópoles) e Débora Bergamasco (SBT). No debate, várias pautas da gestão de Pedro na Caixa, como as iniciativas para expansão da atuação do banco pelo País.

Guimarães possui mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro, tendo coordenado diversas operações no âmbito de mercado de capitais. É Ph.D. e mestre em economia pela University of Rochester, mestre em economia pela FGV/RJ e bacharel em economia pela PUC/RJ.

Presidente da CAIXA desde 2019, Pedro Guimarães liderou em 2020 o maior movimento de inclusão social, digital e financeira do Brasil, que consistiu no pagamento de Auxílio Emergencial para a população mais carente, alcançando mais de 67,9 milhões de pessoas, totalizando mais de R$ 293,1 bilhões em pagamentos.

Em seu novo formato semanal, o programa Sem Censura ganha ritmo ágil e linguagem clara e direta com a participação de debatedores convidados e interação do público, que pode participar usando a hashtag #novoSemCensura, no Facebook, Twitter e Youtube.

O programa é transmitido para todo o País em TV aberta por meio das emissoras afiliadas à Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP/TV), gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e também por outras plataformas ao vivo e on demand.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem