Record TV: Audiências de Junho de 2021

Edu Moraes/Divulgação Record TV

Power Couple lidera por 35 minutos as audiências de SP e também do Rio no mês de junho; reality fecha o último mês em segundo lugar absoluto em ambas as regiões

Durante o último mês de junho, o Power Couple não só se manteve a vice-liderança absoluta nas audiências de São Paulo e do Rio de Janeiro na faixa das 22h44 às 23h57, como também atingiu o primeiro lugar por 35 minutos em cada uma das praças.

Na região de SP o reality show garantiu o placar favorável de 6,8 x 6,4, além de pico de 10,5 pontos e share de 13,3%. O índice representa um crescimento de 6% em relação ao mês de maio de 2021, quando o programa registrou 6,4 de média.

No Rio, registrou 6,6 de média, 10,9 de pico e 12% de share. O canal em terceiro fechou a faixa em junho com 6,4 pontos de média.

Power Couple Brasil, apresentado por Adriane Galisteu, é exibido de segunda a sábado logo após a novela Topíssima, com direção-geral de Fernando Viudez e direção do núcleo de realities de Rodrigo Carelli. Programa não recomendado para menores de 12 anos

Gênesis cresce na audiência de São Paulo em junho e consolida segundo lugar absoluto; No Rio de Janeiro, produção garante mais que o dobro da média da concorrência no último mês

A superprodução Gênesis manteve a segunda posição isolada nas noites de SP e do RJ, das 21h às 21h55, durante todo o mês de junho de 2021. Entre os momentos marcantes da trama no período, destacam-se o falecimento de Abraão, o casamento de seu filho, Isaque, com Rebeca e o nascimento dos gêmeos Esaú e Jaco.

Em São Paulo, o folhetim garantiu o placar favorável de 12,8 x 6,7, o que representa um aumento de 3% em relação à média que obteve em maio, de 12,4 pontos. Em junho, Gênesis ainda registrou pico de 15,5 pontos e 18,5% de share.

A novela assegurou a vice-liderança absoluta sobre a emissora em terceiro com o placar de 12,4 x 5,2 no Rio de Janeiro. Ou seja: a Record TV registrou mais que o dobro da audiência da concorrente no intervalo. Gênesis também assegurou, na praça, pico de 15,1 e share de 17,4%

Gênesis é escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro e tem direção-geral de Edgard Miranda. Programa não recomendado para menores de 14 anos

Fala Brasil conquista a vice-liderança isolada com a maior média em 14 meses e crescimento de 13%

Apresentado por Mariana Godoy e Sergio Aguiar, o Fala Brasil consolidou, em São Paulo, a vice-liderança no mês de junho, com média recorde. O telejornal, exibido entre 8h30 e 10h, marcou 4,2 pontos de média, igualando o resultado alcançado em abril de 2020 – o maior resultado do programa desde então, ou seja, em 14 meses.

O jornalístico registrou ainda  pico de 8 pontos e share de 15,9%. A terceira colocada obteve 3,8 pontos de média.

Houve ainda uma alta de 13,5% no comparativo com o resultado do mês anterior, cuja média foi de 3,7 pontos.

Cidade Alerta cresce 10% e encerra junho com a maior audiência em 14 meses  

O Cidade Alerta encerrou o mês de junho em segundo lugar absoluto e com o melhor índice de audiência em 14 meses. 

Sob o comando de Luiz Bacci, o programa registrou 8,7 pontos de média e share de 15% - seu melhor desempenho desde maio de 2020, quando ficou com 9,9 pontos de média. A terceira colocada obteve 6,2 pontos de média em junho: 2,5 pontos a menos que o jornalístico da Record TV.

Com relação a maio deste ano, a atração apresentou um crescimento de 10%, já que no mês anterior ficou na segunda colocação com 7,9 pontos de média e share de 13%.  

No último mês, um dos principais destaques do jornalístico foi a cobertura especial do caso Lázaro Barbosa, o assassino que ficou foragido por 20 dias e mobilizou centenas de policiais em sua busca. 

Balanço Geral SP encerra junho com maior audiência em 21 meses e recorde de minutos na liderança, São 1.596 minutos em primeiro lugar no mês passado; programa acumula 3.000 minutos no ano

O Balanço Geral SP, apresentado por Reinaldo registrou ainda a melhor média em 21 meses e acumula 3.061 minutos em primeiro lugar no ano – cerca de metade deste total, 1.596, registrados em junho.

Esta é a maior marca de minutos na liderança já alcançada pelo programa no período de um mês desde novembro de 2018, quando marcou 1.813 minutos. O primeiro semestre de 2021 tem um crescimento de quase 500 minutos em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a junho de 2020, o programa somou 2.580 minutos. A alta foi de 18,6%.

Em junho, vale destacar que o programa conquistou vitórias contra os programas da concorrente, dois telejornais e um esportivo, que ficaram em segundo lugar em várias ocasiões. Foram 11 contra o telejornal de rede, em 12 confrontos consecutivos; sobre o esportivo, o Balanço Geral SP emplacou 9 vitórias; e ainda derrotou uma vez o jornalístico local. A Venenosa, no seu horário, venceu a sessão de filmes e futebol.

O programa teve no mês passado um desempenho excepcional não só em relação ao tempo de liderança, mas também na média de audiência. O jornalístico fechou o período com 8,6 pontos de média, a maior desde setembro de 2019, quando registrou índice idêntico. Ou seja, em 21 meses. O crescimento, em comparação com maio, quando obteve 7,5 pontos, foi de 14,6%

O programa consolidou a vice-liderança com pico de 17 pontos e share de 20%. A terceira colocada atingiu 4,5 pontos de média.

Já o quadro A Hora da Venenosa, comandado por Gottino, Fabíola Reipert e Renato Lombardi, encerrou o mês com  9,1 pontos de média. a segunda maior média do ano, e share de 20,6%. A primeira colocada registrou apenas 0,1 ponto a mais, 9,2. E a terceira alcançou 4,4 pontos.

Prova de Amor lidera audiência de São Paulo por 19 minutos em junho e consolida segundo lugar isolado; no RJ, novela garante vantagem de 2 pontos sobre a concorrente em terceiro no último mês

No último mês de junho, a novela Prova de Amor assegurou a vice-liderança absoluta nas audiências de São Paulo e Rio de Janeiro em sua faixa completa de exibição, das 15h20 às 16h33. Além disso, garantiu o primeiro lugar isolado na região paulista 19 minutos e, na carioca, por três minutos.

Na praça de SP, a produção atingiu média de 5,1 pontos, pico de 11,3 e share de 11,3 %. O índice mostra um crescimento de 2% em relação ao mês de maio (da estreia no dia 17 a 30/05), quando registrou média de 5 pontos. O canal em terceiro lugar fechou junho com 4,4 pontos.

No Rio de Janeiro, o placar ficou em 6,3 x 4,2. Ou seja: vantagem de dois pontos para o folhetim da Record TV, que ainda garantiu pico de 12,5 pontos e share de 13% no último mês.

A direção geral é de Alexandre Avancini e autoria, de Tiago Santiago. Programa não recomendado para menores de 10 anos.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem