Discovery estreia a nova série ''O Mistério do Triângulo das Bermudas''

Divulgação

O Triângulo das Bermudas foi palco de inúmeros eventos estranhos, incidentes bizarros e acidentes trágicos que figuram entre os mais enigmáticos da história. Naquela porção remota do Oceano Atlântico, incontáveis ​​navios, aviões e vidas humanas se perderam, o que fez surgir teorias sobre aquele que seria um vórtice onde o sobrenatural se manifesta.

A partir desta quinta-feira, 26 de agosto, às 22h10, a nova produção do Discovery, O MISTÉRIO DO TRIÂNGULO DAS BERMUDAS (Curse of The Bermuda Triangle), investiga a fundo alguns dos casos emblemáticos que permanecem sem respostas e alimentam tanto as versões fantasiosas quanto a curiosidade de especialistas que buscam entendê-los. Em episódios com duração de uma hora cada, a produção reúne uma equipe formada por capitães de barco e mergulhadores experientes que, juntos, buscam desvendar alguns dos maiores segredos ocultos sob as águas do Triângulo das Bermudas.

A Equipe TRIG, da sigla em inglês Triangle Research and Investigation Group (Grupo de Pesquisa e Investigação do Triângulo, em tradução livre), é liderada pelo capitão e ex-integrante da guarda-costeira americana Paul “Moe” Mottice. Com ele está o braço-direito e primeiro-imediato, o engenheiro Mike Still – igualmente experiente, ele possui milhares de horas de navegação no Triângulo e trabalha há muitos anos com Moe. Juntam-se à dupla Chuck Meier, mergulhador e ex-membro da força de resgate da Marinha americana, e o também mergulhador e especialista em resgates no mar Dave Cziko.

O quarteto realiza expedições às profundezas do oceano em busca de pistas e evidências ainda não analisadas e que complementem aquilo que já se sabe sobre casos notórios que envolvem o Triângulo das Bermudas. Cada episódio investiga um mistério diferente: a possível existência de monstros marinhos que teriam devorado mergulhadores, objetos voadores não identificados que sobrevoariam constantemente a região, o naufrágio da robusta embarcação de luxo Witchcraft, em 1967, descobertas de objetos que poderiam ser evidências da Cidade Perdida de Atlântida e o desaparecimento de uma esquadrilha da Marinha americana, que em 1945 partiu em direção ao Triângulo das Bermudas em uma missão de treinamento e nunca mais foi vista.

No episódio de estreia, a Equipe TRIG parte de diversos vídeos que registram aquilo que seriam OVNIs. Em 28 de junho de 1980, uma aeronave militar sobrevoava um dos vértices do Triângulo, localizado no espaço aéreo de Porto Rico, quando notificou a torre de controle sobre a necessidade repentina de mudança de rota, diante da aparição de um objeto voador brilhante; minutos depois, o avião e o oficial que o pilotava despareceram e nunca foram encontrados.

A Equipe TRIG promove um encontro com uma associação de donos de embarcações do estado americano da Flórida, ocasião em que surgem diversas histórias de encontros com OVNIs. O quarteto parte do caso ocorrido em 1980 e dos relatos proferidos durante reunião para buscas novos elementos que ajudem a diminuir o mistério dos OVNIs do Triângulo das Bermudas. 

Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem