Na volta do 'Profissão Repórter’, a batalha de quem não consegue seguir o tratamento médico por falta de remédios

Divulgação Globo

Com o fim dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o 'Profissão Repórter' está de volta. Nesta terça-feira, dia 10, vai ao ar um novo episódio da série comemorativa dos 15 anos do programa, na qual Caco Barcellos e sua equipe reencontram personagens e revisitam histórias que marcaram essa trajetória de uma década e meia. Depois de ser tema em 2018, a batalha diária de quem necessita de tratamentos caros e não tem acesso à medicação volta à pauta. No Brasil, cerca de 13 milhões de pessoas sofrem com algum tipo de doença rara.
 
A repórter Sara Pavani mostra a briga de quase 600 portadores de diabetes que necessitam de medicamentos, entre eles a insulina, em falta nos postos de pelo menos 20 estados. Na região metropolitana de São Paulo, a Associação de Diabetes do ABC tenta socorrer os pacientes de baixa renda, intermediando troca e doações de medicamentos. Geisica Gomes, de 35 anos, por exemplo, é corretora de imóveis e perdeu o emprego na pandemia. Com a falta do medicamento no posto de saúde e sem condições financeiras para comprá-los nas farmácias, ela é obrigada a aplicar insulina vencida na filha Giulia, de 10 anos.
 
Também em São Paulo, o programa acompanha o protesto de mães que precisam racionar a alimentação dos filhos porque há cinco meses não recebem quantidade suficiente de dieta enteral, alimentação líquida administrada por uma sonda em pacientes com dificuldade para digerir. O quadro de escassez de materiais que deveriam ser fornecidos pelos municípios, como fraldas, luvas, gazes e sondas, também está na pauta.  
 
O 'Profissão Repórter' vai ao ar nesta terça-feira, dia 10, logo após ‘Ilha de Ferro’.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem