Roda Viva entrevista Sue Ann Costa, médica que defende reforço da vacina para salvar o mundo

Divulgação

Na próxima segunda-feira (4/10), o Roda Viva entrevista a médica brasileira Sue Ann Costa Clemens, que criou e dirige o primeiro mestrado em vacinologia do mundo, na Universidade de Siena, na Itália. A cientista defende que a aplicação de meia dose de vacina contra a covid-19, como uma terceira dose de reforço, pode "salvar o mundo". Apresentado por Vera Magalhães, o programa vai ao ar na TV Cultura, site da emissora, Twitter, Facebook, YouTube e LinkedIn, a partir das 22h

Chefe do Comitê Científico da Fundação Bill e Melinda Gates, a médica carioca Sue Ann é professora em Oxford e coordenou os testes do imunizante da AstraZeneca/Oxford no Brasil. Atualmente, realiza estudos sobre a aplicação das doses de reforço contra o coronavírus. A médica também faz parte dos grupos de estudos responsáveis pelo Covax, o consórcio internacional criado pela Organização Mundial de Saúde para aquisição e distribuição de vacinas aos países mais pobres.

A doutora Sue Ann está lançando o livro História de uma Vacina, onde relata os desafios enfrentados para trazer os primeiros testes clínicos da vacina para o Brasil.

O programa contará com uma bancada de entrevistadores formada por Constança Tatsch, repórter de saúde do jornal O Globo; Mariana Varella, jornalista de saúde e editora-chefe do portal Drauzio Varella; Maria Manso, repórter da TV Cultura; Matheus Meirelles, videorrepórter da CNN Brasil; e Sabine Righetti, jornalista doutora em política científica, pesquisadora da unicamp e coordenadora da Agência Bori. Há ainda a participação do cartunista Paulo Caruso.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem