Acesso das mulheres a métodos contraceptivos no Brasil é tema do 'Profissão Repórter'

Divulgação Globo

Em país no qual muitas vezes as gestações não são planejadas, muitas mulheres têm dificuldade para ter acesso a métodos contraceptivos eficazes. O 'Profissão Repórter' desta terça-feira, dia 5, percorre o Brasil para mostrar a luta de algumas dessas mulheres e o trabalho feito por algumas médicas para que ao menos uma parte delas seja atendida.
 
Quase 25% das mulheres que vivem na cidade de Cristalândia, no Tocantins, gostariam de fazer laqueadura. Apesar de ser um método mais invasivo e irreversível, grande parte das mulheres opta pela cirurgia como principal método contraceptivo por acreditar que esta é a forma mais segura de evitar uma gestação. A repórter Nathalia Tavolieri acompanhou um mutirão de laqueaduras promovido por um consórcio formado por 14 municípios da região e registrou 11 cirurgias em um final de semana. A dona de casa Ana Carla da Silva, de 30 anos, tem dois filhos e optou pelo procedimento contra a vontade do marido. Mas de acordo com a Lei do Planejamento Familiar, de 1996, para ter acesso a este benefício, a mulher casada precisa ter mais de 25 anos, pelo menos dois filhos e o consentimento do companheiro. 
 
A repórter Sara Pavani viu a rotina de trabalho da médica ginecologista Mariana Viza, que viaja pelo Brasil para realizar mutirões de inserção do dispositivo intrauterino, o DIU, como é popularmente conhecido, que está disponível no SUS. Em Ariquemes e Buritis, cidades do interior de Rondônia, 107 DIUs foram colocados em mulheres entre 17 e 49 anos em três dias. Além do acesso ao método contraceptivo eficaz, a ginecologista também oferece capacitação aos médicos. Nenhuma unidade básica de saúde de Ariquemes oferece DIU por falta de profissionais capacitados.  
 
Pioneira no estudo da sexualidade de adolescentes no Brasil, a doutora Albertina Duarte, ginecologista há 40 anos, é uma das responsáveis pela redução de 55% de casos de gravidez de adolescentes no estado de São Paulo nos últimos 20 anos. O repórter Thiago Jock acompanha uma semana de trabalho dela nos principais hospitais e centros de saúde voltados ao atendimento de mulheres na capital paulista, onde atua em múltiplos projetos de contracepção.
 
O 'Profissão Repórter' vai ao ar na noite desta terça-feira, dia 5, logo após ‘Verdades Secretas’.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem