'Fantástico' mostra os desafios para que as vacinas contra a Covid-19 cheguem a todos os lugares do Brasil

Divulgação Globo/Isadora Neumann

Na semana em que o Brasil atingiu a importante marca de mais de 110 milhões de pessoas completamente imunizadas contra a Covid-19, mais de 50% da população brasileira, o 'Fantástico' mostra os desafios enfrentados pelos agentes do Programa Nacional de Imunização para que a vacina chegue aos quatro cantos do país. Na reportagem especial do programa deste domingo, dia 31, o repórter Estevan Muniz vai a Altamira, no Pará, o maior município em termos territoriais, para mostrar o desafio dos vacinadores para levar o imunizante a comunidades ribeirinhas. E ainda tem acesso à família e ao acervo pessoal do médico epidemiologista brasileiro Ciro de Quadros, reconhecido por seu trabalho pela erradicação mundial da poliomielite. “Nossa reportagem vai mostrar o trabalho muitas vezes invisível feito pelos técnicos do PNI, que  salva muitas vidas e está vencendo a pandemia. Eles acreditam que as vacinas funcionam, nos protegem e salvam vidas”, adianta o repórter Estevan Muniz. “Altamira foi também a primeira cidade onde Ciro de Quadros trabalhou e é fascinante ver o arquivo de quando ele trabalhava lá enfrentando a poliomielite e nós acompanhávamos as vacinadoras enfrentando a Covid. Foi bem encantador”.
 
Você pode ainda não conhecer a palavra gaslighting, mas certamente conhece alguém que já foi vítima dela. Esse é o tema do segundo episódio da série “Isso Tem Nome”, que o ‘Fantástico’ exibe essa semana. Em português, gaslighting seria algo como abuso emocional ou violência psicológica. É quando apesar de a pessoa ter certeza de alguma coisa, o parceiro tenta convencê-la de que não é verdade e que ela está fantasiando, levando-a, muitas vezes, a duvidar da sua sanidade mental. Esse tipo de abuso pode acontecer em diferentes tipos de relação e não afeta apenas as mulheres, mas em relações heterossexuais é mais comum ver mulheres como vítimas. “Eu acho impossível ser mulher heterossexual no Brasil e nunca ter sofrido gaslighting numa relação amorosa”, afirma Valeska Zanello, professora do Departamento de Psicologia Clínica da UnB, ouvida pela série. 
 
Prestes a lançar um novo projeto com músicas inéditas feitas durante a pandemia, Caetano Veloso recebeu Poliana Abritta para uma entrevista exclusiva. Ele revela que cantar e a convivência com os filhos e netos estão entre os maiores prazeres da sua vida atualmente. E apresenta em primeira mão para o ‘Fantástico’ músicas do novo álbum, “Meu Coco”. Depois de fazer turnê pela Europa, ele revela ainda se tem intenção de percorrer o Brasil. Eles gravaram a entrevista sem máscara porque tanto Poliana quanto Caetano estão completamente vacinados e foram testados para a Covid.
 
O ‘Fantástico’ vai ao ar na noite de domingo, dia 31, logo após o ‘Caldeirão com Huck’.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem