TV Brasil - Programação de Filmes de 30 de outubro a 07 de novembro

Divulgação

Confira a programação de filmes da TV Brasil de 30 de outubro a 07 de novembro.

Sábado, 30 de outubro

Cine Retrô – No Paraíso das Solteironas
18h30, na TV Brasil

País: Brasil. Ano de estreia: 1969. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman.

Amácio Mazzaropi interpreta o matuto Joaquim Kabrito, caboclo acostumado com a vida do interior. O protagonista não poderia imaginar que ao tentar a sorte na cidade grande seria alvo dos olhares de desejo de uma turma de solteironas loucas por um "tipão" assim como ele.

Na bagunça, Joaquim Kabrito ainda tem tempo para se envolver em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.

Reprise. 95 min.
Classificação Indicativa: 12 anos
Horário: 18h30

Domingo, 31 de outubro

Sessão Família – Uma Viagem Extraordinária
14h00, na TV Brasil

Título original: The Young and Prodigious T.S. Spivet. País: França e Canadá. Ano: 2013. Gênero: aventura, drama, fantasia. Direção: Jean-Pierre Jeunet. Elenco: Helena Bonham Carter, Robert Maillet, Callum Keith Rennie, Kyle Catlett, Judy Davis, Niamh Wilson, Jakob Davies, Rick Mercer.

T.S. Spivet (Kyle Catlett) é um garoto superdotado, apaixonado por cartografia. Quando ganha um prêmio científico importante, o menino de apenas 12 anos decide abandonar sua família em Montana, uma região rural, para atravessar sozinho os Estados Unidos, até chegar a Washington. O único problema é que o júri não sabe que o vencedor ainda é uma criança.

Pequeno gênio da ciência, T.S. Spivet conquista um importante concurso e decide empreender uma jornada para sair do rancho isolado e cruzar um longo trajeto pelos Estados Unidos. Ele não se interessa pelo reconhecimento científico, mas busca ser aceito pela própria família.

O menino vive na minúscula Divide, cidade aos pés das Montanhas Rochosas, com a mãe Clair (Helena Bonham Carter), o pai (Callum Keith Rennie), a irmã mais velha Gracie (Niamh Wilson) e o irmão gêmeo Layton (Jakob Davies).

O filme é uma adaptação do romance de Reif Larsen sobre um menino gênio e sua peculiar família. O longa tem direção de Jean-Pierre Jeunet, cineasta responsável pelo sucesso cult "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain" (2001).

Reprise. 105 min.
Classificação Indicativa: Livre
Horário: 14h00

Domingo, 31 de outubro

Cine Retrô – O Grande Xerife
03h30, na TV Brasil (madrugada de domingo, dia 31/10, para segunda-feira, dia 1º/11)

País: Brasil. Ano de estreia: 1972. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Elenco: Amácio Mazzaropi, Patricia Mayo, Paulo Bonelli, Tony Cardi, Augusto César Ribeiro.

O humorista Amácio Mazzaropi interpreta o chefe dos correios, Inácio Poróroca, um viúvo que é pai de Mariazinha. Ele é o morador mais antigo de Vila do Céu onde vive cuidando da vida dos outros.

Um dia, chega na cidade, disfarçado de padre, o bandidão João Bigode. Em uma arruaça no bar da cidade, o maldoso mata o xerife e põe Poróroca em seu lugar. A confusão está armada e só o Grande Xerife pode proteger o povoado.

Reprise. 95 min.
Classificação Indicativa: 12 anos
Horário: 03h30 (madrugada de domingo, dia 31/10, para segunda-feira, dia 1º/11)

Segunda-feira, 1º de novembro

Sessão Família – A Menina no País das Maravilhas
13h00, na TV Brasil

Título original: Phoebe in Wonderland. País: Estado Unidos. Ano: 2008. Gênero: drama. Direção: Daniel Barnz. Elenco: Elle Fanning, Felicity Huffman, Bill Pullman, Emily Blunt, Patricia Clarkson e Max Baker.

A jovem Phoebe Lichten (Elle Fanning) sonha em participar da peça "Alice no País das Maravilhas", que será encenada na sua escola, mas a menina é sempre rejeitada pelos colegas de turma.

O comportamento de Phoebe piora a cada dia, o que deixa seus pais – Hillary (Felicity Huffman) e Peter (Bill Pullman) – preocupados por não compreenderem a filha.

Eles tentam ajudar a filha, mas a garota se esconde em suas fantasias, confundindo realidade com sonho. Agora, Phoebe terá que enfrentar um duro, doloroso e emocionante processo de autodescoberta e transformação pessoal.

Reprise. 96 min.
Classificação Indicativa: 12 anos.
Horário: 13h00

Segunda-feira, 1º de novembro

Cine DOC – Traço livre: o quadrinho independente no Brasil
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de segunda, dia 1º/11, para terça-feira, dia 2/11)

País: Brasil. Ano: 2018. Gênero: documentário. Direção: Jun Sakuma. Roteiro: Jun Sakuma e Felipe Folgosi. Apresentação: Felipe Folgosi.

Apresentado pelo ator e roteirista Felipe Folgosi, que escreve o roteiro do filme junto com o diretor Jun Sakuma, o documentário "Traço livre: o quadrinho independente no Brasil" mostra um panorama sobre o universo da arte sequencial das histórias em quadrinhos independentes no país.

O longa-metragem registra cada etapa da produção de uma HQ. Conhecida como a nona arte, as histórias em quadrinhos representam uma área em expansão.

O doc acompanha cada passo dos profissionais do segmento, desde a concepção da ideia inicial, passando pelo roteiro, artes, editoração até o lançamento. Por meio de entrevistas com personalidades do ramo, a película ainda revela bastidores, segredos e anseios de quem produz quadrinhos atualmente no Brasil.

O documentário nacional em cartaz na TV Brasil destaca os profissionais que desenvolvem suas obras de maneira independente. Com muito esforço e persistência, quadrinistas, roteiristas, editores, professores e jornalistas mostram como o uso do traço pode abrir portas. Eles explicam os desafios e as realizações na concretização de obras que repercutem junto a um público fiel e diverso.

Reprise. 82 min.
Classificação Indicativa: 12 anos
Horário: 22h30
Horário: 03h45 (madrugada de segunda, dia 1º/11, para terça-feira, dia 2/11)

Terça-feira, 2 de novembro

Sessão Família – Jill & Joy - O Segredo do Orfanato
13h00, na TV Brasil

Título original: Onneli, Anneli ja Salaperäinen Muukalainen. País: Finlândia. Ano: 2017. Gênero: infantil, drama, aventura, família. Direção: Saara Cantell. Elenco: Aava Merikanto, Lilja Lehto, Jaakko Saariluoma, Joonas Saartamo, Elina Knihtilä, Eija Ahvo, Sonja Halla-aho, Aleksis Koistinen.

Jill (Aava Merikanto) e Joy (Lilja Lehto) são duas garotinhas comuns, talvez um pouco mais alegres que as demais, pois vivem em um lugar especial, Rose Alley, em uma casa feita especialmente para elas. As meninas costumam brincar no campo perto de onde moram.

Certo dia, um orfanato é aberto perto da casa das jovens. Um garoto chamado Pekki desaparece. Ele foge de lá e busca abrigo no jardim de Jill e Joy. Quando é descoberto por elas, o menino conta que a vida no orfanato não é nada boa. A situação ocorre por causa da rigorosa diretora da instituição.

Para ajudar Pekki e as demais crianças que residem no local, Jill e Joy reúnem seus amigos de Rose Alley e juntos formam uma equipe para salvar o orfanato. A turminha está disposta a fazer de tudo para transformá-lo em um lugar melhor para se morar.

Reprise. 75 min.
Classificação Indicativa: Livre
Horário: 13h00

Terça-feira, 2 de novembro

Cine Retrô – No Paraíso das Solteironas
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de terça, dia 2/11, para quarta-feira, dia 3/11)

País: Brasil. Ano de estreia: 1969. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman.

Amácio Mazzaropi interpreta o matuto Joaquim Kabrito, caboclo acostumado com a vida do interior. O protagonista não poderia imaginar que ao tentar a sorte na cidade grande seria alvo dos olhares de desejo de uma turma de solteironas loucas por um "tipão" assim como ele.

Na bagunça, Joaquim Kabrito ainda tem tempo para se envolver em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.

Reprise. 95 min.
Classificação Indicativa: 12 anos
Horário: 22h30
Horário: 03h45 (madrugada de terça, dia 2/11, para quarta-feira, dia 3/11)

Quarta-feira, 3 de novembro

Sessão Família – O Segredo do Vale da Lua
13h00, na TV Brasil

Título original: The Secret of Moonacre. País: Reino Unido. Ano: 2008. Gênero: aventura, fantasia. Direção: Gábor Csupó. Elenco: Dakota Blue Richards, Ioan Gruffudd, Tim Curry, Natascha McElhone, Juliet Stevenson, Michael Webber.

Bela Bontempo (Dakota Blue Richards) é uma órfã de 13 anos, que após a morte de seu pai, precisa se mudar da mansão luxuosa em que mora com várias mordomias para a sombria casa de seu tio Benjamin (Ioan Gruffudd), no misterioso Vale da Lua. Ao passear pela floresta próxima a sua nova residência, ela descobre uma maldição que divide duas famílias há séculos e que põe em risco o próprio vale.

Em um mundo misterioso e cheio de disputas de interesse e poder entre o tio e a sinistra família de Coeur De Noir, a jovem descobre que ela é o centro de tudo, uma vez que é a última princesa herdeira da linhagem. Bela será guiada por uma legião de estranhos aliados na tentativa de manter a honra de sua família e evitar que o Vale da Lua desapareça para sempre.

Para salvar o local, ela precisa quebrar o feitiço antes da 5.000ª lua cheia. A jovem conta com a ajuda do chefe Pierre (Michael Webber), um cozinheiro maluco, a sra. Lavandísca (Juliet Stevenson), sua babá, e o cão Rufus. No decorrer do filme Bela conhece Robin (Augustus Prew), o mais jovem da família Coeur De Noir, rival da sua, e os dois acabam se afeiçoando um pelo outro, ajudando a salvar o Vale da Lua.

Reprise. 103 min.
Classificação Indicativa: 10 anos
Horário: 13h00

Quinta-feira, 4 de novembro

Sessão Família – O Noivo da Girafa
13h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano de estreia: 1957. Gênero: comédia. Direção: Victor Lima. Elenco: Amácio Mazzaropi, Glauce Rocha, Roberto Duval, Nieta Junqueira, Manoel Vieira, Celeneh Costa, Francisco Dantas, Palmerim Silva, Arnaldo Montel, Benito Rodrigues, Joyce de Oliveira, Pachequinho, Armando Nascimento, Carlos Duval, Walter Moreno, Ferreira Leite, Waldir Maia, Véra Lucia.

Funcionário do Zoológico do Rio de Janeiro, Aparício Boamorte (Amácio Mazzaropi) desenvolve um laço afetivo com a girafa do parque, com quem costuma conversar enquanto trabalha. O humilde tratador de animais vira alvo da chacota dos colegas, que o apelidam de "Noivo da Girafa".

Dono da pensão onde Aparício mora, Seu Gonçalves (Manoel Vieira) reclama pelo atraso no pagamento. Já a solteirona Inesita (Glauce Rocha) e o Poeta (Roberto Duval), pretenso filósofo, mas pianista de cabaré, tentam compreender a simplicidade de Boamorte, um homem do interior.

As filhas de Seu Gonçalves, Aninha (Vera Lucia) e Clara (Celeneh Costa), também simpatizam com o pobre cuidador de animais. Quando Aninha adoece de repente, logo suspeita-se que Aparício tenha contaminado a menina com alguma doença proveniente dos animais.

Sem dinheiro para atendimento médico, Aparício se consulta com o veterinário do zoológico. Após um exame de sangue, o clínico constata que o tratador de animais tem leucemia terminal e apenas 15 dias de vida.

A notícia se espalha e os conhecidos de Aparício passam a tratá-lo bem. Já o dono da pensão vê nisso uma oportunidade e tenta arranjar o casamento de sua filha mais velha, Clara, com Aparício. Seu plano é torná-la herdeira da fortuna de um tio rico do cuidador de animais.

Realizada em 1957, a comédia "O Noivo da Girafa" é parte da trilogia carioca de Amácio Mazzaropi, ao lado de "Fuzileiro do Amor" e "Chico Fumaça". Filmado nos estúdios da antiga TV-Rio, o longa-metragem traz imagens do Rio de Janeiro da época, incluindo o Corcovado, o bondinho do Pão de Açúcar e a praia de Copacabana. 

A trilha sonora é assinada pelo maestro Radamés Gnatalli e as canções são interpretadas pelo próprio Mazzaropi.

Reprise. 92 min.
Classificação Indicativa: Livre
Horário: 13h00

Quinta-feira, 4 de novembro

Cine Retrô – O Barbeiro que se vira
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de quinta, dia 4/11, para sexta-feira, dia 5/11)

País: Brasil. Ano de estreia: 1957. Gênero: comédia musical. Direção: Eurides Ramos. Elenco: Arrelia, Paulo Goulart, Eliana Macedo, Berta Loran, Beatriz Segall, Fregolente, Carlos Tovar, Theresa Amayo, Roberto Duval, Jackson de Souza.

A trama do longa-metragem "O Barbeiro que se vira" ocorre na cidade fictícia de Jabulândia. Arrelia interpreta personagem homônimo que, além de trabalhar como barbeiro, também exerce várias outras ocupações como dentista, farmacêutico, veterinário e calista.

O protagonista costuma se confundir na hora de atender os clientes. Arrelia comete várias trapalhadas ao arrancar o dente de quem faz a barba e barbear quem está com o dente doendo, por exemplo, mas se sai bem.

Arrelia quer ajudar seus amigos Leonardo (Paulo Goulart) e Rosinha (Eliana Macedo) a ficarem juntos, mas o padrasto dela, o poderoso Coronel Clementino (Fregolente), quer que a moça se case com o vigarista Professor Basílio (Carlos Tovar).

O coronel acaba acusando Leonardo por um roubo. O rapaz e Arrelia se disfarçam de mulheres para enganar os capangas. Eles invadem a fazenda do Coronel Clementino para descobrir o verdadeiro responsável pelo crime.

Com título que faz trocadilho explícito em referência à ópera "O Barbeiro de Sevilha", a comédia musical brasileira "O Barbeiro que se vira" (1957) é estrelada pelo humorista Arrelia. O filme nacional conta com grandes astros da dramaturgia no elenco. A produção tem nomes como Paulo Goulart, Eliana Macedo, Berta Loran, Beatriz Segall e Fregolente nos papéis principais.

Dirigida por Eurides Ramos, a comédia foi produzida por Oswaldo Massaini e Alípio Ramos. O filme tem roteiro de Victor Lima e música de Radamés Gnattali. Os números musicais foram executados por Trio Nagô, Jorge Goulart e dos artistas do elenco: Arrelia, Berta Loran e Eliana Macedo.

Reprise. 85 min.
Classificação Indicativa: 12 anos.
Horário: 22h30
Horário: 03h45 (madrugada de quinta, dia 4/11, para sexta-feira, dia 5/11)

Sexta-feira, 5 de novembro

Sessão Família – Peter Pan – À Procura da Terra do Nunca
13h00, na TV Brasil

Título original: Peter Pan: The Quest for the Never Book. País: Irlanda. Ano: 2018. Gênero: animação, fantasia, infantil. Direção: Chandrasekaran, Jake Paque.

O terrível Capitão Gancho ataca mais uma vez e rouba o Livro do Nunca, um tomo muito antigo que contém poderes mágicos. Ele deseja usá-lo para despertar terríveis criaturas na Terra do Nunca e destruir Peter Pan e seus amigos. Agora, Peter precisa mais uma vez salvar seu lar, sendo que a única forma de realizar esta tarefa é cumprindo com a profecia descrita no poderoso livro.
 
O dia mais longo do ano finalmente chegou na Terra do Nunca. As festividades já começaram e as comemorações estão em andamento. Para todos se divertirem, os jogos foram organizados para os meninos perdidos.

Cansado de derrotas, o Capitão Gancho percebe que essa ocasião pode virar a seu favor. Ele cria uma teia de planos perversos para fazer Peter Pan e seus amigos se renderem. O trapaceiro decide interferir nos perigos que espreitam nos pântanos amaldiçoados e no templo dourado.

Determinado a não ser derrotado, o vilão parece estar um passo à frente de Peter Pan neste momento. Então o filme revela o que poderia acontecer se finalmente o Capitão Gancho descobrisse uma maneira de destruir os voadores Sininho e Peter Pan.

Reprise. 90 min.
Classificação Indicativa: Livre.
Horário: 13h00

Sexta-feira, 5 de novembro

Cine Nacional – A Casa Elétrica
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de sexta-feira, dia 5/11, para sábado, dia 6/11)

País: Brasil. Ano: 2011. Gênero: drama. Direção: Gustavo Fogaça. Elenco: Nicola Siri, Jean Pierre Noher, Carmela Paglioli, André Di Mauro, Juan Arena e Rafael Pimenta.

O filme aborda uma história de conquistas e mistura elementos como romantismo, bravura e pioneirismo. A obra narra as aventuras do imigrante italiano Saverio Leonetti, criador da primeira fábrica de gramofones no Brasil e do segundo selo discográfico a imprimir vinis na América Latina. 

Saverio chegou a Porto Alegre no começo do século XX. Entre o Rio Grande do Sul e a cidade de Buenos Aires, na Argentina, o empresário cria os primeiros laços entre a música regional brasileira, nos primórdios do samba, com o tango.

O longa-metragem começa na Buenos Aires dos dias atuais, no tradicional Café Tortoni, com uma discussão de quatro senhores, profundos conhecedores do tango. A conversa desperta a atenção de um turista brasileiro que tem uma informação: o primeiro tango registrado em vinil na América Latina foi gravado no Brasil.

Com direção de Gustavo Fogaça, o longa "A Casa Elétrica" foi ganhador do prêmio "Dellart Cine Rivaton" no 7º Festival CineMúsica de Conservatória (RJ) de 2013. O filme marcou presença em grandes eventos como o 41º Festival de Cinema Latino de Gramado, a Mostra Latina do Festival Internacional do Rio e o Festin Lisboa.

Reprise. 110 min.
Classificação Indicativa: 12 anos
Horário: 22h30
Horário: 03h45 (madrugada de sexta-feira, dia 5/11, para sábado, dia 6/11)

Sábado, 6 de novembro

Cine Retrô – O Jeca e a Freira
18h30, na TV Brasil

País: Brasil. Ano de estreia: 1968. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Mauricio do Valle, Elizabeth Hartman, Carlos Garcia, Ewerton de Castro.

Em uma fazenda localizada numa cidadezinha no interior do Brasil, no século XIX, um senhor de terras responsabiliza-se pela educação da filha de um dos seus colonos. Ele se afeiçoa a menina como se fosse sua própria filha.

Anos mais tarde, quando a jovem regressa do colégio em companhia de uma freira, o fazendeiro faz de tudo para que ela não reconheça seus verdadeiros pais.

Neste longa, o humorista Amácio Mazzaropi vive o protagonista e também dirige a comédia.

Reprise. 102 min.
Classificação Indicativa: 12 anos
Horário: 18h30

Domingo, 7 de novembro

Sessão Família – O Jardim Secreto
14h00, na TV Brasil

Título original: The Secret Garden. País: EUA. Ano: 2017. Gênero: drama, fantasia, infantil. Direção: Owen Smith. Roteiro: Frances Hodgson Burnett. Elenco: Glennellen Anderson, Amanda Waters, Erin Leigh Bushko, Max River, Sacha A. Dzuba, Mark Ashworth, Hannah Fierman, Paden Garrett Anderson, Michael Vaughn.

Na adaptação do romance homônimo de Frances Hodgson Burnett, Mary Lennox (Dixie Egerickx) é uma menina de 10 anos que acabou de perder os pais e é mandada para a Inglaterra para morar com o tio Archibald Craven (Colin Firth). Na mansão do tio ela começa a desvendar mistérios da família com a ajuda do seu primo (Edan Hayhurst).

Mary Lennox (Glennellen Anderson) conhece personagens maravilhosos nessa trama que atualiza o clássico. Um deles é Martha Sowerby (Amanda Waters) que a jovem encontra quando chega à fábrica de Archibald Craven (Michael Vaughn).

Há uma tragédia associada à fábrica: Lily (Hannah Fierman), a esposa de Craven, morreu alguns anos atrás. O viúvo permite que apenas algumas das caldeiras sejam acesas, deixando a fábrica fria. Sua esposa adorava o local quando estava viva e trabalhou em criações maravilhosas e mágicas em seu "jardim secreto".

Em pouco tempo, Mary explora a fábrica e fica intrigada quando se depara com o jardim misterioso. Ela está convencida de que há muito mais no jardim do que aparenta.

O filme é uma adaptação do clássico romance homônimo de Frances Hodgson Burnett. No conto de fadas, a adolescente órfã Mary Lennox descobre a magia e o mistério de um jardim secreto.

Reprise. 90 min.
Classificação Indicativa: 12 anos
Horário: 14h00

Domingo, 7 de novembro

Cine Retrô – O Vendedor de Linguiça
03h30, na TV Brasil (madrugada de domingo, dia 7/11, para segunda-feira, dia 8/11)

País: Brasil. Ano: 1962. Gênero: comédia musical. Direção: Glauco Mirko Laurelli. Argumento e produção: Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Roberto Duval, Maximira Figueiredo, Amilton Fernandes, Carlos Garcia, David Neto, Maria Helena Rossignolli, Anita Sorrento.

O humorista Amácio Mazzaropi interpreta o personagem Gustavo, um vendedor de linguiça que, para conquistar sua freguesia, tem de ralar muito. Em meio a problemas com a família, vizinhos, e cachorros que adoram roubar suas linguiças, o comediante vive um banquete de situações engraçadas que vão fazer o público chorar de tanto rir.

O vendedor ambulante de linguiças sai todos os dias com seu filho Dudu (Carlos Garcia) a bordo de um pequeno caminhão e percorre os bairros da periferia de São Paulo oferecendo seu produto.

Flora (Maximira Figueiredo), filha de Gustavo, trabalha como empregada doméstica para patrões ricos e quando eles viajam, resolve passear pela cidade usando as roupas daquela família.

Durante esse passeio, a moça conhece o milionário Pierre (Amilton Fernandes) e ambos começam um namoro. Flora pega outras roupas dos seus empregadores a e dá ao pai e ao irmão Dudu, para fazer com que eles se passem por uma família rica.

A mentira é descoberta e todos vão parar na polícia enquanto Pierre sabe da verdade sobre a namorada através dos jornais. Mesmo assim ele quer continuar o namoro, mas a família dele tenta impedi-lo.

Entre as canções que fazem parte dos números musicais do filme estão "O Linguiceiro" e "Mocinho Lindo", interpretadas por Mazzaropi; "Olhar de saudade", cantada por Pery Ribeiro; "Não ponha a mão", entoada Elza Soares; e "Poema do adeus", na voz de Miltinho.

Reprise. 95 min.
Classificação Indicativa: 12 anos.
Horário: 03h30 (madrugada de domingo, dia 7/11, para segunda-feira, dia 8/11)
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem