Criatividade e expressão artística embalam as aventuras de ''Ba Da Bean'', produção nacional do Discovery+

Divulgação Discovery+

A partir de 9 de novembro, simultâneo ao lançamento do discovery+, o acervo do ambiente Discovery Kids na plataforma passa a contar com a produção local e original BA DA BEAN. A temporada de estreia da animação, uma coprodução da Birdo e da Chatrone para o discovery+, conta com 52 episódios de 11 minutos cada.

Criatividade, expressão artística e adaptação às diferentes formas de ver o mundo são o mote da série protagonizada por Bean, um brotinho de feijão muito especial. Resultante de uma experiência científica, ele germinou em um copinho com algodão e migrou para a colorida sala de artes, onde realiza verdadeiras expedições repletas de aventura junto a seus novos amigos e vizinhos. Eles interagem no Mesão, lugar onde a criatividade não tem limites, povoado por materiais de arte, desenhos, músicas, massinhas, brinquedos e todo tipo de materiais, afinal, tudo pode ser arte.

Recém-chegado ao Mesão, Bean se depara com novidades o tempo inteiro, o que dá início a um importante período de troca de conhecimentos e de adaptação: ele veio de um ambiente lógico e científico e, movido pela curiosidade de conhecer como o novo mundo artístico funciona, acaba descobrindo que há muitos jeitos de ser, de expressar suas emoções e de criar.

A turma de Bean é composta por Cosa, uma massinha cheia de energia e muito flexível que pode se modelar em qualquer formato e mostra que a arte está em todas as partes; York, um ovo artista que aprecia as formas perfeitas – tais como ele próprio –, o rigor e uma boa dose de drama; Kami, uma origami sábia, tímida e apaixonada por conhecimento que vive cercada por livros; Oodle, um desenho numa folha de papel que personifica a criatividade; e as Gêmeas, as irmãs mais descoladas da sala de arte que sabem tudo sobre tendências. O Mesão é como uma cidade das artes onde cada amigo tem sua própria casa: Bean mora em uma estufa montada em uma caixa de papelão, com muita luz e água; Cosa vive em um ambiente psicodélico com todas as cores e formas; a morada de York é um ovo ao estilo Fabergé; Kami habita um navio em miniatura que fica dentro de uma garrafa; as Gêmeas ficam em uma gaveta que mais parece uma discoteca com cores neon.

No primeiro episódio de BA DA BEAN, a amizade entre Bean e Cosa é colocada à prova quando os dois discordam sobre qual é o elemento pictórico mais importante em uma obra de arte muito famosa: o retrato de uma mulher com olhar e sorriso enigmáticos.

Bean acha que os olhos fazem toda a diferença, enquanto Cosa aposta no sorriso maroto da retratada. Determinados a mudar a opinião do outro, cada um decide criar sua própria obra de arte, realçando os elementos que acreditam ser mais importantes. Os resultados são duas esculturas: uma concha do mar bocuda e um ramo de brócolis com olhos sinistros. Eis que, após uma intervenção de Oodle, as obras ganham vida e se transformam na concha tagarela e no brócolis que tudo vê. Bean e Cosa não aguentam mais suas obras e precisam superar as desavenças para resolverem essa crise. 

BA DA BEAN é uma coprodução da Birdo e da Chatrone para o Discovery Kids, criada por Carina Schulze e Pedro Eboli. Adriano Schmid e Flávia Luz são os supervisores de produção por parte da Discovery, Inc. Aaron Berger, Carina Schulze, Luciana Eguti, Paulo Muppet e Rodrigo Olaio são os produtores executivos para as produtoras Birdo e Chatrone. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem