Drama investigativo finlandês, ''Ano 1790'', estreia na próxima terça-feira no Film&Arts

Divulgação

Estreia na próxima edição do Bloco Terças Nórdicas, do Film&Arts, dia 9/11, às 22h, a produção dramática sueca ''Ano 1790''. Dirigida por Rickard Petrelius (Taurus), Levan Akin (E Então Nós Dançamos), Kristina Humle (Krama mig), minissérie aborda assassinatos não resolvidos, amor proibido e uma Europa em crise.

Situada em Estocolmo, a minissérie de 10 episódios, cada um com duração de uma hora, acompanha um período de mudanças na Europa, pós-Revolução Francesa, quando pensadores-livres provocaram uma ameaça aos reacionários até então no poder. Repleta de crimes motivados por vingança, ganância, amor, ciúmes e política, a narrativa gira em torno de uma sociedade de edifícios em ruínas ao lado de mansões imponentes, e muita desigualdade, pela perspectiva de Dåådh (Peter Eggers), um homem moderno, considerado revolucionário e que está em perigo devido ao seu ponto de vista. Dividido entre lealdade e a luta por seu amor proibido por Magdalena Wahlstedt (Linda Zilliacus), a esposa do chefe de polícia.

Em seu episódio de estreia, intitulado como “Entre Sangue e Lilás”, com roteiro de Jonas Frykberg (A Rainha do Castelo de Ar), conhecemos o barbeiro-cirurgião Johan Gustav Dåådh, que retorna da guerra para Estocolmo, na Finlândia, levando um paciente, Simon Freund (Joel Spira), para a casa do chefe de polícia Wahlstedt (Johan H:son Kjellgren). Ao se envolver na resolução de um caso de homicídio, Dåådh recebe o cargo de comissário distrital se torrnando em um detetive.

Produção pode ser vista também nas operadoras de VoD que oferecem o Film&Arts em seu pacote.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem