''Perrengue na Band'' reúne interatividade, quadros inéditos e muita diversão nas noites de domingo

Divulgação Rodrigo Moraes/Band

Todo o problema acabou, o Perrengue chegou. É neste clima de descontração que estreia dia 7 de novembro, às 20h, o Perrengue na Band. A atração ao vivo, comandada por Tatola Godas, Dennys Motta, Angelo Campos e Ricardinho Mendonça, promete deixar as noites de domingo da família brasileira mais animadas com muitas brincadeiras, interatividade, quadros diferentes e zoeira para dar e vender. ''É um programa de inclusão familiar. Reunimos as pessoas na sala ao invés de excluir um ou outro'', resume Tatola Godas.

Amigos há mais de 30 anos, os quatro integrantes se conheceram jogando futebol. Após as partidas, costumavam se reunir em uma lanchonete para trocar figurinhas e contar piadas. A partir daí, surgiu a ideia de levar essas reuniões despretensiosas para o rádio e, posteriormente, para a televisão. ''Costumo dizer que estamos mais felizes do que o Marcos Mion. Sempre foi um sonho trabalhar na Band porque é uma emissora que acompanhamos há anos, então não estamos aqui por acaso. É um projeto novo, mas que já tem uma identidade e vai continuar sendo dedicado a todas as faixas etárias, sem distinção, com muita alegria e risada'', avisa o líder da trupe. 

Diferente de outras atrações, o Perrengue na Band tem o celular como um verdadeiro aliado. ''É por ele que o público consegue interagir o tempo todo, enviando mensagens e participando efetivamente, seja por meio de uma votação nas redes sociais ou enviando um vídeo pela hashtag #perrenguenaband. O grande protagonista é quem está em casa. Nosso grupo no WhatsApp é igual a hospital: não fecha nunca'', brinca Dennys Motta. Já a plateia serve como uma espécie de termômetro para saber se eles estão no caminho certo ou desandaram de vez. ''É super importante ter os fãs ali, de todas as idades, indicando se estamos indo bem, se aquele tipo de piada agrada ou não. É uma troca imediata'', acrescenta. 

Para colocar o humorístico no ar, o quarteto trabalha de domingo a domingo, com raras folgas aos sábados, para desespero de Ricardinho. É que antes da fama, o humorista estava acostumado a ir aos estádios para acompanhar o Corinthians, seu time do coração. ''Quando começou nossa história na televisão, foi avisado que o Ricardinho não poderia mais assistir aos jogos e ele ficou desesperado, quase pediu as contas'', entrega Angelo Campos.

Conhecido como o mal-humorado mais animado de que se tem notícia, Ricardinho Mendonça nem se defende, mas admite que se diverte muito com o quadro ''Perrengue Astral''. ''Sempre fazemos a encenação dos signos com determinado tema. Por exemplo, como um motorista de aplicativo virginiano conversa com seus passageiros? Ou como o taurino pede comida por delivery? Como são os signos fazendo compras no supermercado? Dois atores do nosso time vão até lá e mostram como eles se comportam. Acho muito engraçado''.

O dinamismo é uma das marcas registradas do programa. O grupo também é expert em improvisação e foge de qualquer roteiro pré-moldado. Apenas Tatola e Dennys sabem, por alto, o que vai rolar em cada edição, enquanto Angelo e Ricardinho são surpreendidos a todo momento. ''Existe um fio condutor e uma parte de surpresa. É um formato muito rápido e ligado ao que está acontecendo na internet, tendo o aparelho celular como principal ferramenta de informação e diversão. Além disso, todos os domingos trazemos quadros novos e damos prêmios em dinheiro, ou seja, o Perrengue nunca cai na rotina'', enfatiza Ricardo de Barros, diretor da atração. ''O humor é essencial para a vida, por isso ficamos muito felizes de falar e influenciar tanta gente'', conclui. 

Conheça os principais quadros do programa:

Tá no Zap: vídeos compartilhados no WhatsApp são exibidos e comentados pelo elenco do programa.

Perrengue Astral: o elenco mostra, em divertidas esquetes, como pessoas de cada signo reagem às mais variadas situações do dia a dia.

Largados no Sofá: em um determinado lugar público, há um sofá onde as pessoas podem sentar para comentar vídeos divertidos pré-selecionados.

De Olho no Mundo: as principais notícias da semana são analisadas de um jeito divertido pelo elenco.

Rola que Cola: a cada semana, uma pessoa da audiência de casa ou da plateia vai ao palco para tentar faturar até mil reais. Após ser enrolado e imobilizado dos pés ao pescoço com plástico PVC, o participante rola no chão repleto de notas de diversos valores durante 20 segundos e ganha a quantia que grudar em seu corpo. O troco vai para um internauta que comentar o post da brincadeira no Facebook oficial.

Fuçada na Rede: o elenco fuça as redes sociais de artistas para contar as fofocas quentinhas do mundo das celebridades.

Cantadas de Rua: Carla Bora, influenciadora digital e colaboradora do programa, dá cantadas nos homens nas ruas usando sua voz grossa, invertendo as incômodas situações em que geralmente os homens deixam as mulheres.

Desafio da Semana: todo domingo, a atração divulga um desafio através de suas redes sociais com um tema diferente: pode ser um vídeo criativo, uma foto divertida com a família ou até mesmo o voto em uma enquete. Além de ter a chance se ver na televisão, os participantes podem faturar mil reais no final do programa.

Quem é quem no Perregue na Band:

Tatola Godas

Seu escritório é na praia, mas ele está sempre na área. Palmeirense, vocalista de uma banda de rock e voz famosa das FMs do Brasil há mais de 30 anos, o paulistano da Casa Verde, zona norte de São Paulo, já atuou como comunicador e diretor nas rádios Brasil 2000, de São Paulo; Jovem Pan, do Rio de Janeiro; e Dumont, de Jundiaí. Além disso, está à frente dos microfones da 89 FM, a rádio Rock, desde o seu início e ocupou a vice-presidência do hotel Unique por 12 anos até estrear na televisão em 2014. Hoje, apresenta os programas “Quem Não Faz, Toma” e “Show do Tatola” na 89 FM, e o “Perrengue na Band” na TV.

Dennys Motta

Nascido em São Paulo e criado em Santo André, no ABC Paulista, começou a trabalhar em rádio comunitária aos 18 anos e mais tarde ingressou no marketing de gravadoras como a Universal Music, Abril Music e Trama. Em maio de 2012, tornou-se apresentador de rádio com o “Quem Não Faz, Toma”, na 89 FM, e em 2014 estreou na TV com o “Encrenca” na RedeTV!. Além de apresentar o “Perrengue na Band”, só come o feijão por baixo do arroz e ama uma fofoca, mas jura que não.

Angelo Campos

Homem de mil personagens, não é só mais um rostinho bonito na televisão. Formado em Rádio e TV, iniciou a carreira na rádio Transamérica e logo seguiu para grandes gravadoras como a EMI, Trama e Universal Music. Teve seu próprio escritório de marketing musical até que em 2012, junto com os três amigos, começou “Quem Não Faz, Toma”, na 89 FM. Estreou nas telinhas em 2014 com o “Encrenca” e hoje apresenta o “Perrengue na Band”.

Ricardinho Mendonça

Formado em Rádio e TV pela FAAP, foi o 1º estagiário da 89 FM e depois seguiu como coordenador e diretor da rádio. Também foi diretor da Jovem Pan e MTV até estrear como integrante do “Quem Não Faz, Toma”, “Encrenca” e hoje “Perrengue na Band”. É corintiano fanático e o mal-humorado mais divertido de que se tem notícia.

Perrengue na Band vai ao ar ao vivo todos os domingos, às 20h, com transmissão simultânea pelo Portal da Band, BandPlay e YouTube.

Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem