Boris Casoy é o novo contratado da CNN Brasil

Reprodução

A CNN Brasil anuncia a contratação do apresentador que inaugurou a opinião nos telejornais do Brasil. O jornalista Boris Casoy ficou conhecido como âncora do TJ Brasil, de 1988 e 1997, no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), ao emitir opinião sobre as reportagens exibidas. A novidade na televisão brasileira foi inspirada na mídia norte-americana e adaptada ao estilo do âncora. A partir de janeiro de 2022, ele será comentarista do quadro “Liberdade de Opinião”, dentro do prograna ” Novo Dia”, que vai ao ar diariamente das 6h às 11h da manhã.

Boris Casoy lançou o bordão “isso é uma vergonha”, pontuando o final de cada comentário que fazia sobre os fatos relacionados com a falta de ética. Ele também criou a expressão “é preciso passar o país a limpo”, que marcou a época do impeachment do ex-presidente Fernando Collor, no começo da década de 1990.

O apresentador começou a carreira aos 15 anos de idade, como narrador esportivo e locutor da rádio Eldorado. No jornalismo impresso, ele foi editor de política, editor-chefe e colunista da seção “Painel”, sobre os bastidores políticos, na Folha de S.Paulo. Aos 36 anos, assumiu o cargo de diretor de redação do jornal, onde permaneceu até o final dos anos 1980.

Na carreira em televisão, Casoy também foi âncora da Rede Record (1997 a 2005), TV Band (2008 a 2016) e, na sequência, da RedeTV, onde ficou até o ano passado. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem