Especial '70 Anos Esta Noite' celebra a novela brasileira, paixão nacional e referência em todo o mundo

Divulgação Paulo Belote/Globo

Na noite em que as novelas completam sete décadas, dia 21 de dezembro, a Globo abre espaço em sua programação para celebrar a data e o gênero. Um dos principais produtos do entretenimento – e uma paixão nacional - exportada para centenas de países e que coleciona prêmios por todos cantos, a novela é a protagonista no especial '70 Anos Esta Noite'. O programa vai relembrar, de maneira afetiva e emocional, momentos inesquecíveis, vilanias e finais felizes que marcaram a história da televisão brasileira. Tudo isso com um elenco estelar presente ao longo desta trajetória como Lima Duarte, Tony Ramos, Gloria Pires, Susana Vieira, Patrícia Pillar, Lilia Cabral, Antonio Fagundes, Taís Araújo, Renata Sorrah, Fernanda Montenegro, Adriana Esteves, Claudia Raia, Carolina Dieckmann, Giovanna Antonelli, Nivea Maria, entre tantos outros.
 
A novela faz parte da cultura e das conversas dos brasileiros. E desta vez ela será a narradora de sua própria história. Atores e atrizes que deram vida a personagens marcantes, que fazem parte do imaginário de todos os ‘noveleiros’, promovem uma viagem na memória afetiva através das imagens de arquivo de novelas ao longo de sete décadas para celebrar a aniversariante da noite.
 
Com roteiro de Bia Braune e Celso Taddei e supervisão de texto de George Moura, o especial apresenta um recorte que contempla os elementos-chave presentes nas novelas, entre eles: as heroínas, os vilões e vilãs, os casais românticos e a história da força das mães, como explica o diretor Henrique Sauer. “Vamos contar a história desses 70 anos fazendo um mix de imagens de arquivos e encontros de atores e atrizes, que geraram conversas sobre o que faz a novela tão popular e longeva até os dias de hoje. Vamos ter também, a própria novela, em uma narração em off, contando sua história, em primeira pessoa, através dos ingredientes fundamentais que estão presentes nela”, explica.
 
Para George Moura, a novela além de ser uma paixão nacional é uma das narrativas do audiovisual que há mais tempo acompanha o brasileiro. “A ideia do Especial é propor um mergulho emocional na memória do espectador e na memória de quem fez e faz a novela. São histórias que retratam o Brasil, outros mundos e culturas. Um passaporte para a viagem afetiva e um mergulho vertical nas raízes brasileiras. Por isso ela tem essa trajetória tão longeva e continua com essa força avassaladora”, acredita. A roteirista Bia Braune reforça a ideia de relatar a história sob a ótica da própria novela. “A novela é a narradora do especial, a partir das cenas antológicas. É como se estivéssemos assistindo à sua memória afetiva, que também é a do espectador brasileiro. Novela é emoção e o programa promove essa viagem com muitos reencontros”, conta.
 
Emoção para quem assiste, trabalha e também para quem escreve sobre novelas. O roteirista Celso Taddei fala de como a experiência ativou suas memórias. “As novelas são pilares da minha formação, não só como pessoa, mas também como contador de histórias. Foram as novelas que assisti desde a tenra infância, como ‘Saramandaia’ e O ‘Bem Amado’, que ajudaram a formar o meu caráter, meus gostos, valores, meu humor. O especial terá todos os ingredientes de uma boa novela. Não vão faltar surpresa, risada e muita emoção à flor da pele”, avisa.
 
Além de contarem histórias que são atemporais, as novelas são e sempre foram um convite à reflexão sobre as transformações sociais e culturais. Muitas vezes promovendo debates sobre temáticas relevantes de cada época. Ao longo destas décadas, se tornaram uma paixão nacional, refletindo na tela a cultura, o dia a dia e a realidade do brasileiro, cuja identificação ultrapassa os limites da ficção.
 
No programa, a atriz Jéssica Ellen personifica a voz da telenovela, no papel de narradora, guiando o público para um passeio pela memória afetiva. No cenário montado nos Estúdios Globo, enormes projeções em tecidos ajudam a promover o resgate de inesquecíveis cenas dessa trajetória. “A nossa proposta é que o público faça um grande passeio afetivo pelas histórias que marcaram tantas gerações. Esse resgate das novelas costuma proporcionar também um olhar para a nossa própria vida, porque nos remete imediatamente à infância, aos amigos, à vida familiar daquela determinada época. A maioria de nós cresceu assistindo às novelas”, complementa o diretor Henrique Sauer.
 
Nessas inúmeras histórias não podem faltar as heroínas. Para relembrar alguns momentos marcantes daquelas personagens por quem o público costuma torcer e chorar junto, estarão no programa as atrizes Giovanna Antonelli, Nívea Maria, Taís Araújo e Camila Pitanga. No palco do especial, as quatro relembram momentos importantes de suas carreiras e trabalhos que fizeram a diferença em suas trajetórias. 
 
Giovanna recorda seus trabalhos em ‘O Clone’, ‘Segundo Sol’, ‘Laços de Família’ e na atual novela das sete ‘Quanto Mais Vida Melhor’; Camila comoveu o público com suas atuações em ‘Lado a Lado’, ´Paraíso Tropical’, ‘Porto dos Milagres’, ‘Mulheres Apaixonadas’, entre tantas outras. Nívea, que foi a grande ‘mocinha’ de ‘A Moreninha’, e atuou em muitas novelas de sucesso como ‘Gabriela’, ‘O Feijão e o Sonho’, ’Pedra Sobre Pedra’, entre outras, fala sobre a importância do gênero em sua vida profissional. Taís Araújo marcou presença com as atuações em ‘Da Cor do Pecado’, ‘Amor de Mãe’, ‘Xica da Silva’, ‘Viver a Vida’, ‘Cobras e Lagartos’ e relembra os grandes momentos.
 
As histórias de amor também ganham espaço no especial. Parte fundamental em qualquer folhetim, os casais conquistaram o público e fizeram muita gente sonhar ao longo dos anos. Para celebrar o amor na ficção, o ‘70 Anos Esta Noite’ promove reencontros memoráveis entre Betty Faria e Francisco Cuoco (‘Pecado Capital’), Juliana Paes e Rodrigo Lombardi (‘Caminho das Índias’ e ‘A Força do Querer’) e Mateus Solano e Thiago Fragoso (‘Amor à Vida’). 
 
E que novelas não têm matriarcas guerreiras, poderosas e incansáveis? As mães da teledramaturgia e suas crias estão representadas pelos encontros de Lilia Cabral e Fernanda Vasconcellos (‘Páginas da Vida’), Susana Vieira e Carolina Dieckmann (‘Senhora do Destino’) e Regina Casé e Chay Suede (‘Amor de Mãe’).
 
As vilãs, que o público ama odiar, não poderiam ficar de fora e também estão muito bem representadas. As atrizes Adriana Esteves (Carminha, ‘Avenida Brasil’; Laureta, ‘Segundo Sol’; Telma, ‘Amor de Mãe’), Christiane Torloni (Tereza Cristina, ‘Fina Estampa’), Gloria Pires (Maria de Fátima, ‘Vale Tudo’, Raquel, de ‘Mulheres de Areia’ – e muitas outras), Patrícia Pillar (Flora, ‘A Favorita’), Claudia Raia (Lívia Marine, ‘Salve Jorge’) e Renata Sorrah (Nazaré Tedesco, ‘Senhora do Destino’) relembram algumas das cenas memoráveis e momentos inesquecíveis da carreira.
 
‘70 Anos Esta Noite’ ainda reserva uma homenagem especial a dois ícones da teledramaturgia brasileira: Tony Ramos e Antonio Fagundes, que juntos se emocionam ao relembrarem suas trajetórias, iniciadas no final dos anos 50. Para completar a noite, mais dois grandes artistas fazem participações luxuosas no especial: Fernanda Montenegro e Lima Duarte.
 
Lima, aliás, esteve em todos os grandes momentos – desde a chegada da TV no Brasil -, trabalhou como diretor, sonoplasta, contrarregra, entre tantas outras funções nos bastidores, como também é o único ator da atualidade que participou da primeira telenovela brasileira, 'Sua Vida me Pertence', escrita por Walter Forster, que estreou em 21 de dezembro de 1951 e foi ao ar pela TV Tupi. No elenco, Vida Alves, Lia de Aguiar, Dionísio de Azevedo, Lima Duarte, além do próprio autor, Walter Forster. A novela de estreia da TV brasileira também revolucionou ao mostrar o primeiro beijo da televisão protagonizado por Vida Alves e Walter Forster.
 
O especial relembra ainda a primeira novela produzida na TV Globo, 'Ilusões Perdidas', que foi ao ar entre abril e julho de 1965. Obra escrita por Enia Petri e dirigida por Líbero Miguel e Sérgio Britto, e que trazia Leila Diniz e Reginaldo Faria como par romântico principal. De lá pra cá foram mais de 300 novelas produzidas na TV Globo. Agora no auge de seus 70 anos, as novelas seguem em constante transformação, renovação, inovação e surpreendendo a cada dia com uma nova história.
 
‘70 Anos Esta Noite' tem direção de Henrique Sauer. O roteiro é de Bia Braune e Celso Taddei com supervisão de George Moura. A produção é de Isabela Bellenzani e a direção de gênero de José Luiz Villamarim. A atração será exibida na terça, 21 de dezembro, logo após ‘Um Lugar ao Sol’ na TV Globo e no dia seguinte, 22 de dezembro, no Viva, às 18h30.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem