'Expedição Rio' deste sábado traz paisagens deslumbrantes por terra, céu e mar

Divulgação Globo

Embalados pelas águas da Baía de Guanabara, Pedro Bassan e Daniella Dias seguem desbravando lugares que, apesar de pouco conhecidos pelos cariocas, fazem do Rio de Janeiro um lugar encantador. No 'Expedição Rio' deste sábado, dia 11, Bassan e Daniella atravessam juntos um dos cartões portais mais antigos do Brasil e desembarcam na Praia do Adão e Eva, em Niterói. Só então eles se separam para descobrir como a população de São Gonçalo, Guapimirim, Magé e Itaboraí cuida e ajuda a desenvolver essas regiões. 
 
Nascida e criada em São Gonçalo, Daniella Dias conhece cada pedacinho da região, assim como a história de quem contribui para que o município cresça e ajuda a região a evoluir culturalmente. Como o Lorrayne, que a repórter encontrou na praça Zé Garoto. Juntas elas foram conhecer um projeto que reúne mulheres do bairro Jardim Catarina para debater sobre os valores e direitos que as mulheres têm e muitas vezes desconhecem. O ‘Expedição Rio’ também visita a Praça dos Ex-combatentes, localizada no bairro do Patronato, que recebe semanalmente a ‘Batalha do Tanque’, evento de duelo de rap promovido por jovens moradores da região. “Esse episódio, particularmente, é muito especial para mim. Sou de São Gonçalo e tenho muito orgulho de ter vindo de um lugar onde as chances para prosperar são limitadas. Além disso, faço questão de valorizar o quanto a Baía de Guanabara é importante para muita gente que depende direta ou indiretamente dela”, reforça Daniella. 
 
Em Itaboraí, bem pertinho de São Gonçalo, Pedro Bassan visita uma oficina de cerâmica às margens da rodovia RJ-114 que produz diariamente centenas de vasos de barro, profissão exercida há muitos anos e que ainda é passada de pai para filho. De lá, Bassan e Dani visitam ainda a Praia de Mauá, o primeiro complexo ferroviário do Brasil, construído por Don Pedro II. De frente para a Baía de Guanabara, a linha férrea servia para transportar especiarias, ouro e também era servia como meio de transporte da família imperial para Petrópolis. “Acredito que esse episódio seja o mais variado de todos. Tem histórias urbanas com a batalha de raps, mas também a natureza navegando pelo pantanal Fluminense e uma extensa variedade de paisagens e histórias emocionantes”, comenta Bassan. 
 
Pedro Bassan e Daniella Dias ainda encaram um desafio nas alturas: um passeio de balão em Itaboraí. A cerca de 600 metros do chão, a equipe do ‘Expedição Rio’ curte uma vista inigualável. Fazendas e vegetação plana tornam o voo possível de ser realizado nesse local por causa das condições geográficas e da pequena corrente de vento que atravessa o município. 
 
O quarto episódio de ‘Expedição Rio’ vai ao ar na tarde de sábado, dia 11, logo após o ‘Jornal Hoje’, no Rio de Janeiro.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem