TV Brasil apresenta filme que dialoga com obra Chaplin neste domingo

Divulgação

A comédia "Bonga, o Vagabundo" é o destaque da sessão Cine Retrô que a TV Brasil exibe neste domingo (9), às 16h. Inédita na programação do canal público, a trama é estrelada pelo humorista Renato Aragão cujo papel remete ao clássico Carlitos, protagonista da filmografia do genial ator e cineasta Charles Chaplin.

Renato Aragão interpreta um tipo diferente do que costuma desempenhar. Bonga é um vagabundo que vive pelas ruas, sozinho e livre, sem muito compromisso. O personagem-título flerta com o perfil de Carlitos, ícone do cinema mudo e principal signo da vasta obra de Charles Chaplin.

Amargurado e solitário, Bonga é um homem humilde que se mantém ao aplicar golpes singelos para comer. O bom coração é outra característica que o aproxima de Carlitos. Ambos também são românticos e se envolvem em truques ingênuos para se manter em um sofrido cotidiano. O lirismo marca os enredos que além de sorrisos, sensibilizam e tocam as plateias pela emoção.

Além do protagonista Renato Aragão, o filme exibido pela TV Brasil reúne personalidades célebres da dramaturgia nacional. O elenco traz alguns astros como Jorge Dória, Orlando Drummond, Maria Claudia e Neila Tavares. O longa tem direção do cineasta Victor Lima.

A trama em cartaz na faixa de cinema da emissora vai além do entretenimento despretensioso e avança na proposta de crítica social. A história contada na tela não se restringe exclusivamente às aventuras da ação e também se distancia da simples comédia pastelão que tanto faz rir no cinema de Os Trapalhões.

Bonga é um personagem mais comedido em cena do que o hilário Didi Mocó, sujeito que marcou a produção artística de Renato Aragão. Enquanto o maltrapilho é mais moderado, sem tantos trejeitos, Didi tem a sagacidade do malandro. Apesar disso, a simplicidade do primeiro pode ter inspirado o desenvolvimento do papel que consagrou o comediante e atravessa décadas de carreira.

A figura caricata representada por Renato Aragão fez história no programa de televisão e nos sucessos da sétima arte com o famoso grupo Os Trapalhões. No entanto, em carreira solo nas telonas, o humorista atua sem os três companheiros de comédia da trupe nessa produção nacional realizada em 1969.

Enredo

Bonga (Renato Aragão) vaga pela cidade sem rumo e aplica pequenos golpes para conseguir o que comer. Quando está em frente a uma boate, o vagabundo conhece Ricardo (Ronaldo Canto e Mello), um playboy do qual se torna grande amigo.

O rapaz é pressionado pelo pai, Dr. Paulo (Jorge Dória), a casar. Com a ajuda de Bonga, o jovem ricaço arma um plano para apresentar uma noiva falsa à família. As coisas se complicam e na hora que Bonga leva uma amiga que conheceu nas ruas e pela qual é apaixonado. Depois de acontecimentos envolvendo um rapto, a moça e o rapaz se casam, enquanto Bonga continua vivendo solitário nas ruas.

Ficha Técnica

País: Brasil. Ano: 1969. Gênero: comédia. Direção: Victor Lima. Elenco: Renato Aragão, Maria Claudia, Ronaldo Canto e Mello, Neila Tavares, Jorge Dória, Leda Valle, Sergio Dizner, Angelo Antonio, Orlando Drummond. Inédito. 104 min. Classificação Indicativa: Livre.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem