Ad Code

Canal Like exibe entrevista com Chay Suede e Alexandre Nero, protagonistas do suspense ''A Jaula''

Reprodução

O Canal Like (530, da Claro) exibe nesta sexta, dia 25, às 21h, uma entrevista com os atores Chay Suede e Alexandre Nero e o diretor João Wainer, do filme de suspense “A Jaula”. Escrito por Mariano Cohn e Gastón Duprat, a produção acaba de chegar aos cinemas brasileiros e trata-se de uma nova versão do filme argentino “4x4”. Na trama, um ladrão (Chay Suede) entra com facilidade em um carro estacionado numa rua pacata, mas, ao tentar sair, descobre que está preso em uma armadilha, incomunicável, sem água ou comida. Recai somente sobre ele a vingança que um famoso médico (Alexandre Nero) planejou depois de sofrer inúmeros assaltos. Quem passa em volta não percebe o embate que se arma entre o sádico vingador e o ladrão prisioneiro.
 
Durante o bate-papo conduzido pela apresentadora Anne Braune, Chay conta como foi a sua preparação para o personagem. “Foi um desafio fazer esse filme. Assim como era excitante, era um desafio e dava medo, pois as cenas se passam com um ator praticamente o filme inteiro dentro de um carro e com pouquíssimas falas”, diz.
 
João Wainer, diretor de “A Jaula”, conta também sobre como foi trabalhar neste projeto. “Para mim foi muito legal poder fazer meu primeiro filme com um roteiro argentino, um roteiro que já tinha sido filmado, inclusive, lá. Então, o que fizemos foi construir essa história e trazer para a realidade brasileira, que é uma realidade diferente da argentina. A violência na argentina é diferente da violência no Brasil”, afirma.
 
Ainda durante a conversa, Alexandre Nero comenta que a equipe trabalhou como um time durante toda a filmagem e as principais características do seu personagem. “Acho que o meu personagem é atemporal. Estamos falando de um homem que transborda e que se sente no direito de fazer justiça com as próprias mãos”, diz o ator.
 
Canal Like (530, da Claro)
Entrevista Like em Casa -- Chay Suede, Alexandre Nero e João Wainer -- “A Jaula”
Sexta, 25 de fevereiro, às 21h.
Horário alternativo: Domingo, 27/02, às 21h

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code