Ad Code

Etapa de Margaret River, na Austrália, define a partir deste sábado quem segue em busca do título da WSL

Divulgação

Seis dias após as disputas finais nas ondas de Bells Beach, os maiores nomes do surfe já estão em Margaret River, também na Austrália, palco da quinta etapa do Circuito Mundial de Surfe (WSL), e a última antes do temido corte que vai definir os 22 homens e as 10 mulheres que seguem na disputa dos títulos mundiais desta temporada. Entre os dias 23 de abril e 5 de maio, o Globoplay e o ge transmitem todos os duelos até às oitavas e, a partir das quartas de final, o sportv3 exibe ao vivo as baterias decisivas até a definição do título. As transmissões da etapa de Margaret River serão comandadas pelos narradores Bruno Fonseca e André Azevedo, que estarão ao lado dos comentaristas Alejo Muniz, Victor Ribas e Diogo Mourão.
 
“Essa é uma etapa de difícil previsão com relação aos campeões. Acredito que o americano John John Florence apareça como favorito, por já ter vencido alguns campeonatos disputados por lá e pelo fato de que a onda de Margaret River é bem parecida com a que ele surfa no Havaí. O surfe do brasileiro Filipe Toledo também encaixa muito bem nestas ondas e ele está vivendo um ótimo momento. O paulista Miguel Pupo é outro que vive uma fase espetacular e pode chegar longe. A torcida é para que os brasileiros consigam bons resultados para se classificarem para o restante da temporada”, diz o comentarista Alejo Muniz.
 
Segunda etapa disputada em solo australiano nesta temporada, as ondas de Margaret River trazem boas lembranças para dois dos nossos surfistas. Em 2021, Filipe Toledo e Tatiana Weston-Webb fizeram uma dobradinha no alto do pódio, conquistando o título para o país tanto na competição masculina quanto na feminina. Onze meses depois, Tatiana Weston-Webb, única representante do país no torneio feminino, venceu a etapa de Portugal e ocupa atualmente o sexto lugar na classificação geral. Já Filipe Toledo aparece como o grande destaque entre os brasileiros. Depois do segundo lugar na etapa portuguesa e do título em Bells Beach na última semana, o paulista de Ubatuba assumiu o primeiro lugar do circuito mundial e durante esta etapa, que marca o fim da primeira metade da temporada do surfe, vestirá a camisa amarela, honraria concedida aos líderes dos rankings masculino e feminino.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code