Ad Code

Premiado no New York Festivals TV & Film Awards 2022, ‘Maale: Desejo de Paz’ ganha nova exibição na GloboNews

Divulgação Globo

Produção original da GloboNews, ‘Maale: Desejo de Paz’ foi premiado com a prata na categoria Documentary: Human Concerns, no New York Festivals TV & Film Awards 2022, anunciado nesta terça-feira, dia 26. Dirigido por Mário Cajé e Marita Graça, o longa mergulha na história do Sudão do Sul, nação mais jovem do planeta, com apenas 10 anos de existência. Envolvido em guerras recentes por sua independência, o país ainda se mantém fechado para o mundo e longe de uma estabilidade econômica e social. O documentário será reexibido pela GloboNews no próximo domingo, dia 1º de maio, às 23h, e está disponível nas plataformas Globoplay e Canais Globo.
 
Com o apoio da Cruz Vermelha, o jornalista Mário Cajé e o repórter cinematográfico Alberto Fernández foram ao país africano para entender como vive o povo sul-sudanês, conhecer de perto sua cultura e costumes tradicionais e ver como a nação ainda sofre com as cicatrizes de tanta violência. Entre destroços de guerras, registros de pobreza extrema e conflitos internos entre as 60 etnias presentes no território, ‘Maale: Desejo de Paz’ apresenta exemplos emocionantes de quem se agarra à fé e aos costumes para sonhar com uma vida melhor. “‘Maale’ traz um pouco da história de uma população que passou por dores imensas, mas que não abre mão do sorriso, da música, da gentileza e da fé. O documentário é uma oportunidade de conhecer mais sobre uma região de certa forma esquecida do mundo, ouvir boas histórias e se deixar contagiar pelos ritmos e a esperança de uma população forte”, explica Mário Cajé.
 
Esta é a oitava vez em sete anos que documentários da GloboNews são premiados no New York Festivals TV & Film Awards. Três produções do canal ganharam ouro (‘Síria em Fuga’ em 2017, ‘Margens de uma guerra: heróis e vítimas em Mossul’ em 2019 e ‘Aliados’ em 2020), prata (Kobani Vive’ em 2016, ‘Trincheiras do Deserto’ em 2018 e ‘Aliados’ em 2020) e bronze (‘Torre de David’ em 2016) na premiação que acontece anualmente no campo das artes e mídia. Por conta da pandemia de Covid-19, o canal não participou do festival em 2021.
 
Desde 2014, a GloboNews já produziu mais de 80 documentários originais em parceria com a Globo Filmes, com o Canal Brasil e com o Globoplay. Títulos que mereceram indicações em festivais nacionais e internacionais e concorreram aos mais importantes prêmios da indústria. Foram quatro indicações ao Emmy Internacional – 'Torre de David' (2015), 'Síria em Fuga' (2016), 'Aliados' (2020) e ‘Cercados’ (2021) –, três produções vencedoras do Festival É Tudo Verdade: 'Cidades Fantasmas', 'Libelu – Abaixo a Ditadura' e 'Cine Marrocos', e ainda 'Marinheiro das Montanhas’, único filme brasileiro selecionado para o Festival de Cannes de 2021. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code