Ad Code

Projeto Upload explica o que são organizações exponenciais

Divulgação

O terceiro episódio do ''Projeto Upload'',  neste domingo, 24 de abril (22h30), fala das organizações conhecidas como exponenciais que, ao contrário das empresas tradicionais, surgem no ambiente digital, utilizam tecnologia, são enxutas, têm grande potencial de crescimento e seus processos podem ser facilmente multiplicados.  

A apresentadora Stéphanie Fleury entrevista Luiza Trajano, presidente do Conselho de Administração da Magazine Luiza, única brasileira na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo, elaborada pela revista Time. Ela conta que herdou a ousadia empresarial da família. “A gente tem uma herança de inovação muito forte. Minha tia comprou a empresa, uma lojinha pequena (a Cristaleira), ela era vendedora, isso em 1957. Então, ela fez um concurso em uma rádio para mudar o nome. Quer dizer, foi corajosa de mudar o nome de uma lojinha antiga que tinha lá”, lembra. Coube à sobrinha transformar a Magazine Luiza numa rede de lojas referência em transformação digital. “Essa cultura é feita de velocidade, de estar na ponta, de aprender errar e aceitar, de não querer ser perfeito o tempo inteiro e de sair de diagnóstico e ir para a ação”, esclarece.

Também participa do episódio Flávio Pripas, especialista em acelerar a transformação digital de grandes empresas que investem em startups. Ele foi um dos idealizadores do CUBO Itaú, o mais relevante hub de fomento ao empreendedorismo tecnológico da América Latina, e participou da transformação de empresas em organizações exponenciais. “A palavra-chave que a gente usa para explicar o exponencial é escala. Escala significa você conseguir impactar a vida de muitas pessoas, mudar o comportamento delas, mudar o dia a dia”, explica. 

Outro entrevistado é Marcelo Abritta, CEO da plataforma de fretamento colaborativo de ônibus Buser, que oferece passagens  até pela metade do preço. Para o empresário, o desafio de criar uma startup está no foco em resolver um problema do mundo. “Ninguém quer te ajudar para um projeto que não tenha muita ambição. E quando você fala que você vai revolucionar o transporte de ônibus no Brasil, vai aparecer muita gente que vai querer isso, vai querer te apoiar, gente que quer ver a coisa acontecer junto com você”, afirma.

Já Guilherme Azevedo, fundador e CEO da  plataforma de gestão de saúde Alice, declara que “empreender tem um efeito colateral incrível, que é inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo''. 

O ''Projeto Upload'' é exibido aos domingos, às 22h30.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code