Ad Code

Telejornais apresentam série de reportagens especiais sobre longevidade

Divulgação

"Vivendo Mais e Melhor" é o tema da série inédita de matérias especiais sobre longevidade, que vai ao ar a partir da próxima segunda (11) até sexta-feira (15) na TV Brasil. Com reportagem de Mauricio de Almeida, a produção de cinco episódios ganha exibição nos telejornais Repórter Brasil Tarde e Repórter Brasil, às 12h15 e 19h respectivamente, e será adaptada também para publicação no site da Agência Brasil.

Já vai longe o tempo em que os idosos ficavam em casa na cadeira de balanço ou passavam o dia jogando dominó na praça. Hoje em dia quem já passou dos 60 anos mantém uma vida ativa com trabalho, exercícios e muita disposição. Para mostrar esta nova geração de idosos, as reportagens destacam o que provocou esta mudança de comportamento e quais são os fatores que permitiram o aumento da longevidade.

Atualmente no Brasil vivem quase 38 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade e as projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que este número vai continuar aumentando nas próximas décadas. A estimativa é de que, em 2060, três em cada dez brasileiros serão idosos. 

Na série "Vivendo Mais e Melhor", especialistas vão contar como os avanços da medicina estão ajudando a aumentar a longevidade dos brasileiros. O público vai conhecer a história de Antonio Aiex que aos 86 anos de idade leva uma vida saudável depois de ter superado um tumor no cérebro, um câncer de pele e um tumor na coluna.

A equipe de telejornalismo também conversou com o atleta master José Luiz Souza. Perto de completar 68 anos, ele acorda todos os dias às 4 horas da madrugada para treinar. Toda esta dedicação já rendeu mais de cem medalhas para José. As últimas de ouro e de prata foram conquistadas no mundial master de Los Angeles. 

Especialistas que foram entrevistados garantem que a prática de esportes é fundamental para garantir um envelhecimento saudável. Além disso, é preciso tomar cuidado com a alimentação. Um hábito que deve começar ainda na juventude.

Quem vive mais também se preocupa com os cuidados estéticos. Na série, as matérias mostram que os procedimentos realizados em consultórios dermatológicos estão aumentando. Os idosos também atuam em áreas que normalmente são dominadas pelos jovens. Este é o caso de um grupo de amigas com mais de 80 anos de idade que resolveu criar um canal no YouTube. São as “Avós da Razão” que nos vídeos respondem perguntas de todos os tipos e compartilham com muito bom humor as experiências da vida.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code