Ad Code

TV Cultura exibe concerto inédito da Brasil Jazz Sinfônica com o Arnaldo Antunes e Mônica Salmaso

Divulgação/Nadja Kouchi

Neste domingo (1/5), a TV Cultura exibe concerto inédito da Brasil Jazz Sinfônica com Arnaldo Antunes e Mônica Salmaso. Com direção artística do maestro Ruriá Duprat e sob a batuta de Tiago Costa, a orquestra ainda presta homenagem à Semana de Arte Moderna de 1922 ao executar a composição Rondo D’amour, de Tarsila do Amaral, e o Manifesto Antropofágico de 22, de Oswald de Andrade. Vai ao ar a partir das 20h.
 
Realizado no Teatro B32, novo parceiro da Brasil Jazz Sinfônica, o concerto inédito conta com Arnaldo Antunes cantando as músicas Comida, O Pulso, O Real Resiste, Socorro, Vilarejo, Debaixo d’água e Fora de Si. Já Mônica Salmaso interpreta as composições Rondo D’amour (Tarsila do Amaral), Melodia Sentimental (Heitor Villa-Lobos) e Frevo Diabo (Edu Lobo e Chico Buarque).
 
“Uma das pérolas do concerto é a versão experimental do Manifesto Antropofágico de 22, de Oswald de Andrade, criada por  Arnaldo Antunes. Algumas frases cuidadosamente escolhidas em cima de uma base de caráter experimental, onde a orquestra reage de acordo com o que está acontecendo (...) ficou muito bacana, espirituoso”, conta Ruriá Duprat, diretor Artístico da Brasil Jazz Sinfônica.
 
Juntos, Mônica Salmaso e Arnaldo Antunes ainda cantam Paradeiro e encerram a apresentação com Alegria. “A Brasil Jazz Sinfônica faz um flerte com a canção, intérpretes e com a música popular. Para mim é uma responsabilidade, dá um frio na barriga (...), mas é muito prazeroso também", destaca Arnaldo Antunes.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code