Ad Code

Sem Censura desta semana recebe a cantora Dhi Ribeiro

Divulgação

O clima musical invade o programa Sem Censura desta segunda-feira (09) com a presença da cantora Dhi Ribeiro. Ela conversa com a apresentadora Marina Machado sobre o início de sua carreira em Salvador. Conta ainda sobre o Projeto Conexão Brasília-África, a turnê por Angola e Moçambique, e, ainda, as performances em cidades italianas como Roma, Milão e Gênova.

Nascida Edilza Rosa Ribeiro em Nilópolis, Rio de Janeiro, no ano de 1965, mudou-se para Salvador ainda criança, cresceu sob a influência da música baiana e onde, em 1993, ganhou o prêmio de cantora revelação do Carnaval de Salvador. Dhi retorna para sua origem musical, o samba, ao mudar-se para Brasília. Apresentou-se na Itália e lançou seu primeiro álbum solo ao voltar para o Brasil em 2009. No ano seguinte dá início ao projeto Conexão Brasília-África, com turnês por Angola e Moçambique, resultado de pesquisa musical e organização de repertório africano. Teve sua trajetória contada pela escola de samba Candangos do Bandeirante, do DF, em 2014, com o enredo “Dhi Ribeiro: para uso exclusivo do samba”.

É criadora do Baile Azul e Branco, evento que resgata as tradicionais fantasias de carnaval em Brasília, e do bloco Pipoka Azul. Em 2019 foi escolhida pela Organização dos Estados Americanos (OEA) para cantar no encerramento da Semana Interamericana dos Povos Indígenas e Afrodescendentes, em Washington. Nesse mesmo ano, lançou seu segundo álbum, Lene da Libertação, com músicas que remetem a suas raízes afro-brasileiras. Desde 2019 dá voz à mãe da personagem Sara, na série animada Sara e Sua Turma, da escritora Gisele Gama. É também a Tia Dhi, personagem importante que dialoga com as crianças sobre a cultura afro-brasileira. Atualmente, também ao lado de Gisele Gama, prepara o Falando de Amor, projeto que une música e poesia e estreia em breve em Brasília.

Contribuem como debatedores convidados desta edição, os jornalistas Maranhão Viegas, Editor-Executivo dos telejornais da TV Brasil, e Maria Paula de Andrade, Digital Influencer e Cerimonialista.

O programa Sem Censura vai ao ar às segundas-feiras, às 21h, logo após a novela A Escrava Isaura, com transmissão para todo o País em TV aberta por intermédio das emissoras afiliadas à Rede Nacional de Comunicação Pública – TV, gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e por outras plataformas, como Facebook, Twitter e Youtube, por onde o público pode participar usando a hashtag #SemCensura.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code