Ad Code

Série documental "Onde está o cinema brasileiro" estreia no Prime Box Brazil

Divulgação

Em um país onde produzir e viver da arte é uma tarefa desafiadora, o que motiva cineastas, produtores e artistas a apostar no cinema independente? Este é o questionamento estrutural da série documental ''Onde está o cinema brasileiro?'', que estreia dia 1 de junho no Prime Box Brazil. Disponível na maioria das operadoras de televisão por assinatura, o canal pode ser acessado também, ao vivo, pela plataforma de streaming Box Brazil Play.

Com linguagem dinâmica e de meta-cinema, a série percorre o circuito de festivais de cinema independente brasileiro, apresentando um panorama da nossa produção audiovisual e estabelecendo as relações dialéticas entre os filmes, seus realizadores e os territórios de exibição e difusão das obras.

Através de conversas com cineastas, produtores e o público que consome o cinema autoral no país, a série revela, para além da realidade e dos desafios de produzir cinema de forma independente, a comunidade que se estrutura em torno desta indústria, e que fomenta a economia e a vida cultural das cidades onde são realizados os festivais.

Em sua primeira temporada, o foco da produção é direcionado ao nordeste, com visitas aos festivais de São Miguel do Gostoso (RN), João Pessoa (PB), Fortaleza (CE), Triunfo (PE), São Luiz (MA), Taquaritinga do Norte (PE), Penedo (AL) e Natal (RN). Entre os realizadores entrevistados, estão grandes nomes do cinema independente nacional, como Jean-Claude Bernadet, Walter Carvalho, Sebastião Carvalho, Aly Muritiba, Rosemberg Cariry, Ramiro Azevedo, entre muitos outros.

"Esta série compõe um grande panorama da indústria audiovisual que o Prime Box Brazil vem fazendo ao longo dos últimos anos, através de projetos que selecionamos para serem produzidos com recursos do FSA. Me refiro a conteúdos que falam sobre diretores, roteiristas, equipe técnica, produções regionais, cinema de baixo orçamento, diversidade sexual no cinema, cinema de horror, bastidores de grandes obras do cinema nacional, etc. E agora, ONDE ESTÁ O CINEMA BRASILEIRO? apresenta ao público do canal a dinâmica dos festivais de cinema independente. São nestes espaços que uma parte significativa da produção cinematográfica brasileira é exibida, pensada e debatida", afirmou Ramiro Azevedo, diretor do canal.

Confira as sinopses:

EPISÓDIO 01 - 5ª Mostra de Gostoso - São MIguel do Gostoso/RN

Em um lugar paradisíaco iniciamos a série "Onde está o cinema brasileiro?", na 5ª Mostra de Cinema de Gostoso. Aqui, encontramos cineastas de várias partes do Brasil, que tiveram a oportunidade de apresentar suas histórias num cinema ao ar livre, com pé na areia e a lua como convidada para a sessão. Durante cinco dias a população da pequena São Miguel do Gostoso, no litoral do Rio Grande do Norte, e seus visitantes assistiram longas e curtas metragens com histórias de pessoas comuns assim como elas. 

EPISÓDIO 02 - 13º Fest Aruanda - João Pessoa/PB

Neste episódio o festival acontece em uma sala de cinema, num shopping da cidade de João Pessoa, trazendo cineastas de renome como Walter Carvalho e Rosemberg Cariry, é no 13º FestAruanda que nossa série conversa com realizadores do sudeste e do nordeste do Brasil. Eles falaram de suas experiências no fazer cinema de ontem, de hoje e do futuro, porque mesmo o mais experiente cineasta está sempre aberto para as possibilidades narrativas e estéticas da linguagem audiovisual. Além dos nomes já citados, encontramos também com Cristiano Burlan, Sussana Lira, Torquato Joel, Katia Mesel, Bertran Lira, o ilustre Jean Claude Bernardet, e claro, o público e as histórias em grande tela. 

EPISÓDIO 03 - 12º Curta Taquary - Taquaritinga do Norte/PE

Uma sessão de cinema ao ar livre, em praça pública, para todos e todas. Esse é o episodio que apresenta o Curta Taquary, o festival de cinema de Taquaritinga do norte, pequena cidade do interior de Pernambuco, que é considerado um dos mais importantes festivais de curta do pais. Nesse clima pitoresco fomos recebidos por Alexandre Soares, idealizador e coordenador do festival, que há mais de 10 anos reune na cidade realizadores do Brasil e da América latina, trazendo o cinema independente para a população de sua cidade. Aqui vimos filmes revelando a força feminina de histórias de mulheres contada por realizadoras mulheres como a "A parteira" de Catarina Doolan, "Entremarés" de Anna Andrade, "Onze minutos" de Hilda Lopes, e "Menina não solta pum" da jovem cineasta Ayodele Gathoni. Além dos sensíveis filmes do projeto Cinema Instantâneo (Antonio Fargoni e Tiago A.Neves), completando a lista trabalho do documentarista Marlom Meireles e do pesquisador e realizador Marcelo Ikeda. Encontros que deixaram o gostinho de quero mais.

EPISÓDIO 04 - 29º Cine Ceará - Festival Ibera americano de Cinema - Fortaleza

Numa capital litorânea do nordeste, em um cinema de rua no meio de uma praça, é nesse cenário que a nossa equipe chega e começa a registrar mais um episódio da nossa série. Chegamos ao 29º Cine Ceará, em Fortaleza. Aqui os encontros foram diversos, com novos realizadores como os jovens de Alagoas Ulisses Arthur e Thamires Vieira, e a documentarista Mirrah Iañez, com a experiência dos produtores da Carnaval Filmes (Nara Aragão e João Vieira Jr) e da cineasta Betse de Paula, passando pela crítica do Cine Vitor e o talento da nossa atriz e cineasta Marcélia Cartaxo. O Cine Ceará apresentou filmes exibidos num espaço com áurea dos antigos cinemas, uma experiência singular, para os realizadores e o público. 

EPISÓDIO 05 - 12º Festival de cinema de Triunfo - PE

Um festival de cinema com clima europeu no meio do interior do nordeste, com direito a frio de 15 graus. Ele existe, é o Festival de Cinema de Triunfo, em Pernambuco. Realizado em um cine teatro com a arquitetura réplica de um cinema de Paris, o festival convida visitantes e moradores a conhecer o cinema brasileiro durante uma semana. Neste episódio tivemos um contato especial com o território e a cultura, muito bem apresentado pelos anfitriões Seu Sebastião e a historiadora Diana, moradores de Triunfo. Além, claro, dos filmes, obras potentes e sensíveis como a produção da cineasta indígena Graci Guarani, das pernambucanas Jaqueline Farias e Laura Martinez, do diretor de filme de gênero Arthur Lins, do criativo cineasta paraibano Kennel Rogis, e as falas da organização do festival por Luciana Poncioni e a curadora Priscila Urpia. No acender e apagar das luzes no set e na sala de cinema nos deliciamos com o Festival de Cinema de Triunfo. 

EPISÓDIO 06 - 42º Guarnicê de Cinema - MAranhão/MA

A viagem mais longa que fizemos, dois dias de estrada para chegarmos em São Luiz do Maranhão e conhecer um dos mais antigos festivais de cinema do país. Neste episódio encontraremos realizadores no 42º Festival Guarnicê de Cinema. Começamos nossa conversa com o renomado roteirista Di Moretti, que nos contou como o cinema chegou em sua vida. Daí seguiram os papos com a jovem cineasta e atriz Patrícia de Aquino, os experientes diretores Cristiano Requião e Aly Muritiba, e o jovem revelação do cinema maranhense, o ator e cineasta Al Danuzio. Uma viagem pela cultura destacada nos prédios e nas danças folclóricas do Maranhão, e acima de tudo, pelas histórias em tela que o cinema nos revela. É o cinema independente brasileiro em exibição pelos cantos do nordeste. 

EPISÓDIO 07 - 12º Circuito Penedo de Cinema - Penedo /AL

Aportamos no Circuito Penedo de Cinema, no estado de Alagoas, nosso sétimo festival. Aqui o encontro com o cinema também nos levou às margens do velho Chico, o maior rio do nordeste que banha a cidade de Penedo, onde há mais de 40 anos o cinema brasileiro apresenta histórias à população local. Nesse episódio encontramos com jovens cineastas que produzem filmes no interior do Brasil, revelando ao mundo filmes universais que partem de cidades pequenas de Pernambuco, da Bahia e de São Paulo, e também passam pelas capitais do Rio Grande do Norte e do Rio de Janeiro, histórias potencializadas pela sétima arte.  

EPISÓDIO 08 - 10º Goiamum Audiovisual - Seminário Mercado Audiovisual

Onde está o cinema brasileiro? está chegando ao seu último episódio, e neste estamos em casa, na cidade do Natal, para mostrar o Goiamum audiovisual, principal festival de cinema do RN, que este ano acontece de uma forma diferente. Por falta de recurso a organização realizou apenas o Seminário Mercado do audiovisual, trazendo profissionais e suas experiências mostrando como a economia criativa do audiovisual gera mercado. E para fechar a temporada, fazemos uma síntese de como foi a série, que nos apresentou lugares, telas, rostos, histórias que o cinema nos permitiu conhecer. Assim encerramos a primeira temporada de nossa série que buscou encontrar o cinema independente brasileiro nos mais diversos territórios do nosso vasto nordeste.  

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code