Ad Code

Drauzio Varella lança livro ''O Exercício da Incerteza: Memórias'' e relembra momentos marcantes de sua vida no 'Conversa com Bial'

Divulgação Globo

O 'Conversa com Bial' dedica dois programas - um no dia 16 e outro no dia 17, próximas quinta e sexta-feira – a Drauzio Varella, já que ele recém-lança o livro “O Exercício da Incerteza: Memórias”, em que reflete os aprendizados adquiridos em seus mais de 50 anos dedicados à medicina. Tendo como cenário a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo , Pedro Bial  conversa com o médico abordando  passagens importantes de sua carreira  como o atendimento prestado a encarcerados na Casa de Detenção de São Paulo, popularmente conhecida como Carandiru, a partir da década de 1980, durante a epidemia de tuberculose e AIDS, o que deu origem a um de seus livros mais conhecidos, “Estação Carandiru”, de 1999. 
 
No dia 16, o programa enfatiza a trajetória pessoal e profissional de Drauzio, resgatando a história de sua família, como a morte de sua mãe quando ele tinha apenas quatro anos de idade, a infância no bairro do Brás, em São Paulo, e a entrada para a faculdade de medicina. Drauzio fez parte da campanha da AIDS quando a epidemia estourou no país, já que ele havia feito um estágio em Nova York. “Foi por causa da AIDS que fui parar no Carandiru. Me pediram para fazer um vídeo e fui filmar a situação nas cadeias. Quando entrei, fiquei tão tocado que fiquei semanas pensando naquilo durante todo o tempo”, conta.
 
O médico reflete ainda sobre a criação do “Estação Carandiru”: “Acho que é uma história contada não por quem foi preso, mas por alguém de fora. Acredito que esse livro trouxe um Brasil que a gente fingia não ver, mostrou uma realidade do que estava acontecendo no país porque a cadeia é uma parte da sociedade”, diz.
 
Já o programa de sexta-feira, dia 17,  explora o lançamento “O Exercício da Incerteza: Memórias”, sobre as implicações da ocupação médica, e a defesa de que esta não é uma ciência exata. “O que me propus a fazer nesse livro é uma discussão do que aconteceu na medicina nesses 50 e tantos anos, o que aconteceu com o país nesse tempo todo e também o que aconteceu comigo do ponto de vista profissional”. Além disso, compartilha com Pedro Bial seu ponto de vista sobre a desigualdade social e saúde pública no Brasil.
 
Com direção artística de Monica Almeida, o ‘Conversa com Bial’ vai ao ar na TV Globo de segunda a sexta, após o ‘Jornal da Globo’. O programa também é exibido no canal internacional da Globo e em simulcast no Globoplay. As entrevistas também podem ser acompanhadas no podcast ‘Conversa com Bial’, disponível no Globoplay ou em qualquer plataforma de áudio.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code