Ad Code

‘Esporte Espetacular’ deste domingo ouve Zeca Pagodinho para saber como nasceu o samba que embalou a seleção em 2002

Divulgação Globo

Zeca Pagodinho abriu as portas de sua casa, em Xerém, na Baixada Fluminense, para receber a equipe do 'Esporte Espetacular', assim como fez há exatos 20 anos para uma de suas tradicionais rodas de samba. Foi nela que conheceu um sucesso que ganhou o país e os jogadores da seleção brasileira durante a caminhada rumo ao quinto título mundial, na Copa da Coreia do Sul e do Japão. O sambista é um dos personagens ouvidos pelo repórter Guilherme Pereira no segundo episódio da série “20 Anos do Penta”, neste domingo, dia 19. Uma participação para lá de especial, porque “Deixa a Vida Me Levar” foi o tema daquela conquista e embalou os comandados de Luiz Felipe Scolari na conquista da quinta estrela, que neste mês de junho completa duas décadas. “Eu estava na minha casa ou no meu apartamento, não me lembro agora. Quando teve o penta, o meu filho falou que o Felipão estava cantando ‘Deixa a Vida Me Levar.’ Olha que legal”, recorda Zeca Pagodinho.

A história dessa música começa um pouco antes da última conquista da seleção brasileira em Mundiais. Em janeiro de 2002, o sambista e compositor Serginho Meriti foi a Xerém, no Quintal do Zeca. No meio da roda de samba na casa do cantor foi apresentada a canção que seis meses depois virou o tema do penta. Apresentada e aprovada de imediato. “Se perguntassem para mim o que é o samba, eu poderia dizer: ‘Zeca Pagodinho’. E se perguntassem o que é o Zeca Pagodinho, eu poderia dizer: ‘Ele é o samba’”, brinca Serginho Meriti. “Xerém é para onde vai todo mundo, os bambas que eu conheço. É lá que eu escolho o repertório. O Serginho é a cara da gente. É engraçado, bom de contar história. É do improviso”, devolve o sambista.

Seleção feminina encara a Sérvia pela Liga das Nações de Vôlei
Uma semana após receber os homens, o Ginásio Nilson Nelson, em Brasília, acolhe as meninas do vôlei. A seleção feminina venceu até aqui cinco das seis partidas disputadas e agora terá dois compromissos bem complicados neste fim de semana. Na tarde deste sábado, encara a Itália, com transmissão exclusiva do sportv2, sob a narração de Everaldo Marques e os comentários de Fabí Alvim. No domingo, dentro do ‘Esporte Espetacular’, é a vez de encarar a Sérvia, medalha de bronze na última edição dos Jogos Olímpicos, em Tóquio. Everaldo Marques narra, ao lado dos comentaristas Serginho e Thaísa. No sportv2, esta cobertura ficará a cargo de Luiz Carlos Jr., Fabí e Nalbert.

O ‘Esporte Espetacular’ deste domingo começa mais cedo, às 9h45, logo depois do ‘Auto Esporte’.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code