Ad Code

Na TV Cultura, Estação Livre fala sobre o mundo do futebol e recebe Serginho Chulapa

Divulgação/Larissa Marques

A edição do Estação Livre desta sexta-feira (1/7) tem como temática uma das maiores paixões brasileiras: o futebol. A apresentadora Cris Guterres recebe Serginho Chulapa, ex-jogador e atual auxiliar técnico do Santos, e Rafael Alves, editor-chefe do site Planeta Futebol feminino para uma conversa sobre as diversidades presentes na modalidade. A conversa toca áreas como o papel das torcidas organizadas, arbitragem, a presença feminina e, racismo e violência dentro e fora dos campos. Na TV Cultura, vai ao ar a partir das 22h.

''Enquanto os times não se posicionarem sobre o racismo, a gente vai continuar vendo esses atos de maneira impune'', comenta Rafael Alves, editor-chefe do Planeta Futebol Feminino. Durante a edição, os convidados debatem a presença recorrente da violência no funcionamento do futebol. “(Racismo) Não vai acabar nunca!'', pontua Serginho Chulapa. ''Nosso país, eu sempre digo e vou dizer sempre, é o país mais racista do mundo'', completa. Além das violências raciais, a edição se debruça na presença recorrente do público feminino atuando nas arquibancadas e dentro do campo.
 
Ultrapassando os limites físicos das arenas, o Estação Livre mostra como o esporte assume as mais diversas formas e traz reportagens sobre as competições de várzea, na região do Grajaú, zona sul de São Paulo. Além de demonstrar como a modalidade carrega emoção e união, passada de geração em geração em todos os cantos do país, através do futebol indígena. O programa decorre sobre a vontade de muitos jovens que almejam jogar no exterior e mostra o futebol como instrumento de mudanças sociais com reportagem sobre o Instituto Neymar.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code