Ad Code

''Vai rolar um triângulo amoroso'', afirma Allana Lopes sobre sua personagem Celeste em 'Poliana Moça'

Divulgação Lourival Ribeiro/SBT

Atriz brasiliense, Allana Lopes, chega no estúdio do "PoliCast'' desta quinta-feira de feriado (16) para comentar sobre sua personagem polêmica em ''Poliana Moça'', a Celeste. Ela fala também sobre sua trajetória e até do seu lado apresentadora no quadro “Azamigas”, da TVZyn, canal virtual do SBT. O podcast vai ao ar logo após a exibição da trama na TV, às 21h30 no canal da novela do YouTube, Spotify, Deezer e Amazon Music.

Na novela, Celeste é uma jovem bonita e aparentemente humilde, que chega na cidade em busca de suas origens. Promete mudança, mas sempre arruma uma desculpa para não cumprir com suas responsabilidades, revelando gradativamente seu caráter duvidoso. Quando consegue um emprego na padaria “Ora Pães Pães” como atendente, não age diferente ali dentro, causa tumulto e consegue dobrar até mesmo Durval [Marat Descartes]. Usa de seu charme para brincar com os sentimentos dos rapazes com quem convive e quando pega um do tipo inocente apaixonado, se aproveita sem limite.

''A Celeste entra na história porque ela está em busca da mãe. Ela cresceu em um orfanato, não sabe sobre as origens dela e é muito importante para ela saber e encontrar. Eu sempre falo que o objetivo maior da Celeste é ser amada, encontrar essa mãe e ser amada. Porém, a Celeste cresceu sem estruturas, sem estrutura familiar, sem estrutura financeira, é uma sobrevivente. Onde tem oportunidade ela vai, não perde tempo. Ela até aproveita do Formiga [Humberto Morais], porque ele é um fofo'', declara a atriz.

“O legal da Celeste é que ela passa por todas as camadas. Tem essa camada que ela abusa dos sentimentos das pessoas, mas tem um lugar que ela sofre; tem essa busca pela mãe dela, que super humaniza e que explica muita coisa do temperamento dela; tem uma busca de romance; de fazer amizade também. Tem vários nuances”, diz.

A convidada aproveita para entregar algumas surpresas que estão por vir na trama: “Tem pontos na Celeste que humanizam ela, não falo só na questão romance, Celeste vai dar uma sofrida por aí. Vai rolar um triângulo amoroso… Mas vão ter pontos, que eu acho que as pessoas vão começar a ter dó da Celeste”.

Diversos atores foram ao PoliCast e revelaram que Allana era uma das pessoas mais estudiosas e intelectuais, uma atriz que até quando não está gravando está passando o texto. Ela divide sua opinião sobre essa afirmação e compartilha suas técnicas cênicas. 

“Eu me baseio muito no livro ‘Poder do Ator’, que tem as ferramentas. Vocês sabem que a novela é  uma obra aberta, principalmente para a Celeste, que pode ir para qualquer lugar. Sempre que eu recebo os capítulos eu faço minha decupagem de cena para saber onde ela está indo, de onde tá vindo, já que são muitas cenas e a gente acha que já aconteceu, mas às vezes nem aconteceu, porque grava várias no dia e não tem uma ordem cronológica. Eu faço o antecedente, eu estudo com música, eu tenho uma playlist da Celeste. E as ferramentas de substituição das pessoas em cena, de me colocar no lugar da personagem, ou pegar uma experiência da minha vida e levar para esse lugar”.

Allana Lopes flui em outras áreas artísticas, ela também apresenta o programa “Azamigas”, na “TV ZYN”, canal infantojuvenil do SBT. Comandando ao lado de Bel Moreira e Flávia Pavanelli. O foco da atração é abordar e debater diversos assuntos referentes ao universo feminino, desde a adolescência até a vida adulta, como questões de saúde, vida amorosa, profissional, pessoal, familiar, amizades, vaidade, cuidados, empoderamento e feminismo. As atrizes também colocam o ponto de vista e sugerem como suas personagens na novela reagiria. A produção vai ao ar todas quartas, às 18h, no YouTube da TV ZYN.

''São três mulheres, a gente se entende, tem coisa que só mulheres entendem. A gente pega um tema e a gente conversa, ninguém é especialista sobre os assuntos, a gente estuda, mas é uma conversa de amigas no sofá de casa. [...] É diferente, por isso que até falei para vocês [apresentadores Nicholas Torres e Ana Zimerman] que vocês são ótimos, porque é a primeira vez que estou fazendo isso agora, mas ao mesmo tempo é um bate papo de amigas, a gente vai trocando, é tranquilo'', alega. 

A entrevistada também expõe sobre os perrengues da profissão; história da família; sua trajetória desde a sua saída de Brasília; sua conexão espiritual e muito mais no programa desta quinta (16).

O podcast ''Policast'' vai ao ar toda terça e quinta, logo após a exibição da novela, no canal de Poliana Moça no YouTube e nas plataformas de áudio

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code