Ad Code

"A gente se tratava com falsidade", diz Edmundo sobre Romário no The Noite desta segunda

Divulgação Lourival Ribeiro/SBT

Edmundo e Guilherme Camarda serão entrevistados por Danilo Gentili no The Noite desta segunda (04). Eles falam sobre a parceria no comando do podcast “Mundo Ed”, onde falam de futebol e muitos outros assuntos. Sobre o convite para a entrada de Camarda, Edmundo explica: “primeiro porque ele é muito capacitado. O detalhe é que a gente se conheceu pessoalmente hoje. A gente se falou muitas vezes, estamos há mais de um mês trabalhando juntos, pela internet”. E o jornalista completa: “saí da Gazeta depois de onze anos. Meio do nada. Estava estudando algumas propostas... O Álvaro Parisi me ligou e falou que queriam mandar bala no YouTube. Nem falei de dinheiro, topei na hora”. 

Danilo pergunta se Guilherme não teve receio da fama de bravo do colega e o mesmo justifica: “Nem briguei com o PVC (o jornalista Paulo Vinícius Coelho), essa história viralizou porque é muito meu amigo, gosto muito dele. Não sou (esquentado). Eu revido muito e revido mau. Estava bravo com todo mundo que estava no ar e não admite que quem não é jornalista fale de futebol”. Edmundo também ressalta: “de alguma forma, o ex-atleta veio ocupar um espaço de jornalista, que é o de comentarista esportivo. Isso, em algum momento, teve um atrito. Só que as pessoas em casa, hoje, preferem ouvir a opinião de quem jogou do quem não jogou. O espaço foi partilhado”. E finaliza: “acabei tomando um rótulo negativo, para vender jornal. Nunca fui santo, mas nunca provoquei brigas”. 

Sobre não ter entrado em campo na final da Copa de 98, o ex-jogador comenta: “uma coisa que eu aprendi é a respeitar os mais velhos. E respeitei o seu Zagallo, mas ele errou feio”. Ele cita as 'teorias da conspiração' que surgiram na época e afirma: "se venderam (a Copa), eu não sei, porque a minha parte eu não recebi. Tem coisas que a gente não sabe. Eu estava lá. Você acha que, se eu soubesse de alguma coisa, não teria contado?!". E recorda como salvou Ronaldo Fenômeno da convulsão sofrida na ocasião: “fui ao banheiro e vi ele passando mal. Ele estava roxo, com a língua enrolada.... Eu falo para ele (Ronaldo) ‘um pedaço da sua fortuna, você deve a mim’”. 

Questionado sobre o atrito com Romário pelo que disse no podcast "Inteligência Ltda.", declara: "ele não assistiu e eu não falei nada que não é a mais pura realidade. Eu sou, também, vaidoso e egocêntrico. Acho que a gente é muito parecido nesse sentido. Ele era melhor (em campo) do que eu. Sou verdadeiro. Ele foi no podcast do Rica Perrone e falou um monte de besteira. Mas tem males que vem para o bem. A gente se tratava com falsidade nos últimos anos. Depois dessa treta, cada um para o seu lado, para mim ficou melhor". Danilo brinca com a possibilidade dos dois resolverem tudo em um ringue e Edmundo responde: "dizem que o Popó e o Whindersson ganharam uma nota. Se tiver a ‘nota’, eu tô dentro".

O The Noite é apresentado por Danilo Gentili e vai ao ar de segunda a sexta-feira, no SBT. Hoje, a partir das 00h45.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code