Ad Code

CNN Brasil inova e produz Metalove, série que explica o metaverso por meio de uma história de amor

Divulgação

Primeiro projeto da CNN Brasil totalmente voltado para o meio digital, o Metalove chega para falar do metaverso de uma maneira inusitada: a partir de uma história de amor. O programa estreia no canal da CNN Brasil Soft no YouTube dia 5, com episódios semanais às terças-feiras.

Em formato de reality show, a série em quatro episódios aborda o casamento de Rita Wu. O enlace serve como pano de fundo para a especialista em tecnologia da CNN Brasil mostrar em tom didático como o metaverso funciona e quais as inovações ele pode trazer.

No primeiro episódio, são mostrados os noivos e sua jornada de romance, desde o pedido de casamento até a ideia da cerimônia no metaverso. O capítulo introduz didaticamente o tema metaverso, explicando o que é, como acessar e como tem sido utilizado até então. 

No segundo episódio serão mostradas as diferenças do planejamento de um casamento da vida real e um casamento no metaverso, desde a escolha das roupas, do local até as alianças. O episódio aborda também a reação dos pais ao saber do casamento, como farão para participar da cerimônia, como é o convite etc.

O lado especialista de tecnologia de Rita Wu é mais trabalhado na terceira parte de Metalove. Aos sair um pouco da cobertura do próprio casamento, ela explicará o que pode ser atrelado ao metaverso, além do perfil pessoal, e quais são as perspectivas de futuro que ele traz.

Nomes como o expert Ronaldo Lemos e o publicitário Léo Brazão, além da própria Rita, detalham como o metaverso é utilizado até aqui, as barreiras que ainda há e por que o termo vive um hype. A proposta é explorar possibilidades tecnológicas, financeiras e mercadológicas deste novo universo.
 
Chega o grande dia. No episódio número quatro, haverá toda a cobertura do casamento na sua versão presencial e no metaverso.

Ao seu final, o Metalove gerará frutos, cedendo lugar a outra atração 100% digital, o Metacast, uma nova temporada que dará continuidade aos temas levantados.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code